Macaé começa a dar sinais de melhora em diversos setores da economia

1
911

Desde o 2º semestre do ano passado já é possível perceber uma melhora econômica nos principais setores da economia macaense como na construção civil e na compra e venda de imóveis. Os principais motivos para esse novo fôlego da cidade de Macaé são as 14ª e 15ª rodadas de leilões da Agência Nacional do Petróleo (ANP) que demonstram claramente o potencial de retomada do desenvolvimento do setor petrolífero.

O setor de petróleo vem se reaquecendo depois de uma significativa queda entre os anos de 2014 e 2016. Mas a boa notícia é que este cenário está mudando e Macaé voltou ao mapa de interesse de empresas e investidores com a retomada do setor de petróleo e gás. Como consequência, a procura por imóveis para compra tem aumentado.

Para aproveitar essa retomada na economia do município, incorporadora Morocó Desenvolvimento Imobiliário, responsável pelo empreendimento Quintas da Glória fará um evento de café da manhã deste sábado (25), às 9h, para quem estiver interessado em comprar uma unidade. A diretoria vai estar presente para negociar diretamente com o futuro cliente e analisar caso a caso as opções de compra e financiamento do sonho da casa própria.

A cidade dá sinais de recuperação econômica e diversos empreendimentos diferenciados tem ganhado espaço e clientes. O Quintas da Glória se destaca por ser o primeiro e único condomínio clube de Macaé, com espaços de convivência variados e atividades como colônia de férias para as crianças, aulas em grupo de tênis, muay thai, natação, dança e balé. Além da monitoria kids que conta com uma recreadora para entreter as crianças na brinquedoteca do condomínio. “Acreditamos que este corpo a corpo gera credibilidade e confiança, além de abrir chances de negociações mais agressivas e oportunidades interessantes para os clientes”, avalia Gustavo Almonacid, presidente da Morocó Desenvolvimento Imobiliário.

1 COMENTÁRIO

  1. Conversa para boi dormir. São empregos temporários e não consolidados. Macaé precisa de um, termina portuário para ser um cidade de petróleo. É uma questão de tempo o Porto do Açu assumir o comando da região.

Comments are closed.