Fiama Barbosa é a ‘A Mais Bela Negra de Macaé’ 2018

1754
O concurso aconteceu no dia 12 de julho, em sua oitava edição, no Tênis Clube Sede Social

A etapa final do concurso contou com a participação de 12 belas candidatas e Fiama Barbosa foi coroada pela presidente do Júri, a Pedagoga Dani Ellices

Exibindo uma beleza exótica e ostentando medidas perfeitas (96 cm de quadril; 77 cm de busto, 69 cm cintura; altura 1,70 m e 56 kg), a modelo Fiama Barbosa, 25 anos, conquistou o título de A Mais Bela Negra de Macaé 2018. Ela concorreu com outras 12 belas candidatas e venceu sob os aplausos do público. Fiama Barbosa foi coroada pela presidente do Júri, a Pedagoga Dani Ellices.

O concurso aconteceu no dia 12 de julho, em sua oitava edição, no Tênis Clube Sede Social, numa promoção do Movimento Negro Tribo dos Malês 21. Segundo a presidente do Movimento Negro, Marilene Ibrahin, a edição deste ano foi bastante concorrida, já que a primeira etapa do concurso contou com a participação de 38 candiatas, chegando a 12 na etapa final.

A eleita Fiama Barbosa contou que o evento foi aberto com desfile de traje de banho, apresentando todas as meninas participantes, e logo em seguida houve o desfile individual, ainda com traje de maiô, e depois o desfile com traje de gala. Das 12 selecionadas o júri escolheu os 1º, 2º e 3º lugares, e a Miss Simpatia, a quarta colocada.

“Não dá para explicar a emoção de vencer. A ficha não cai. Uma euforia enorme”, declarou A Mais Bela Negra 2018, esclarecendo que, no primeiro desfile de traje de banho ela ficou bem nervosa, mas a torcida enorme a acalmou. No segundo desfile já se sentiu mais segura e desfilou mais tranquila.

As vencedoras

O concurso ‘A Mais Bela Negra de Macaé’ escolheu as três mulheres mais bonitas da cidade, e a grande campeã foi Fiama Barbosa, que levou para casa, além do título, uma televisão LCD de 49 polegadas como prêmio. O segundo lugar ficou com Lorrana Praxedes, o terceiro com Jackeline Filgueiras e o Simpatia Negra com Dandara Souza. As três também foram premiadas, sendo uma com um notebook (2º lugar), a outra com tablet (3º lugar) e a última com um relógio de pulso (4º lugar).

A modelo Fiama Barbosa

Mineira de Manhumirim, aos 14 anos, Fiama Barbosa despertou interesse para a carreira de modelo e foi fazer curso na Agência 40 Graus Models, onde permaneceu durante um ano. Por motivos pessoais, retornou à terra natal. Veio para Macaé com 18 anos, onde cursa a Faculdade de Educação Fisica pela Unopar.

Aqui fez curso de Dança, Teatro, ja trabalhou como recepcionista em academia de ginástica por dois anos, depois como estagiária na mesma academia. Agora, após esta vitória, retorna a carreira de modelo, desfilando para lojas de moda.

Agradecimentos

Fiama Barbosa deixa registrado os seus agradecimentos primeiro a familia, em especial a mãe Edilene Maria de Souza Oliveira, que a apoia em tudo; ao pai Sebastião Miguel de Oliveira; ao irmão João; a madrinha Iracema Alves Oliveira; ao maquiador Elton Oliveira do EA Studio, que patrocinou o seu traje de gala; a Pablo e Wendy Gonçalves, que ajudaram com os acessórios; a Gaby Rodrigues (Designer de Unhas); e Edinalva Gomes, da Donnas Modas Fashion; e a ainda Tendai Cabelos.

Movimento Negro Tribo dos Malês

O Movimento Negro Tribo dos Malês foi criado em 2009, por iniciativa da líder comunitária Marilene Ibrahin, com o objetivo de resgatar a autoestima dos moradores das diversas comunidades carentes, e também a raça negra, possibilitando a conscientização dos seus direitos e deveres.

O movimento não tem fins lucrativos e não aceita doações em espécie. As ações do movimento ocorrem quando pessoas entram em contato para solicitar as doações. A entidade apura os fatos, e busca através de seus parceiros contribuir para atender tais solicitações.