A 10ª edição da Feira Brasil Offshore acontece nos dias 25 a 28 de junho no Centro de Convenções - Wanderley Gil Arquivo

Com quase 100% dos estandes vendido resta apenas poucos espaços a serem comercializados

A realização da 10ª Feira Brasil Offshore, que acontece nos dias 25 a 28 de junho, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, está garantida e tem sucesso assegurado, segundo informações do diretor de eventos da Reed Exhibitions Alcântara Machado, responsável por organizar a feira, Daniel Pereira. Cerca de 95% dos estandes colocados à venda foram negociados e no final do mês de maio começa a fase de montagem das tendas complementares e toda a infraestrutura organizacional para melhor atender ao público.

“São esperados mais de 52 mil visitantes, com mais de 600 marcas confirmadas de grandes operadores globais da indústria offshore presente. A feira ocupará uma área de 53 mil m² e a expectativa de R$ 300 milhões em geração de negócios. Isso representa o novo momento do mercado do petróleo nacional, onde a Bacia de Campos se destaca com a exploração do Campos Maduros. Trata-se da transformação do mercado. Tenho certeza que será um evento de retomada do setor”, contou Daniel Pereira.

Com a presença de diversas autoridades confirmadas para a abertura, às 14h, do dia 25 de junho, também os empresários estão otimistas com a expectativa da rodada de negócios com mais de 190 horas de conteúdo técnico.

“Tenho certeza de que a realização da Feira Brasil Offshore este ano, vai superar todas as anteriores, em razão de várias ações que vêm sendo tomadas pelo governo, com expectativa de abertura de mercados, principalmente no segmento de óleo e gás, para o qual a Feira é indicada. Serão muitas as novidades porque a revolução da inovação no mundo do petróleo avançou e não temos como mensurar o sucesso já previsto pelos organizadores”, disse o presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé, Francisco Navega, que está otimista e influenciando os empresários para participarem de um evento que é o terceiro mais importante no mundo do petróleo e gás.

Também o presidente do Macaé Convention & Visitors Bureau, revelou que a grande expectativa do ramo de hotelaria está nas reservas até agora confirmadas que devem superar a demanda, além do polo gastronômico da Praia dos Cavaleiros, point dos participantes da Feira, não só pela proximidade dos hotéis situados na orla, como dos principais restaurantes, que estão otimistas com a realização da Feira, pretendendo oferecer cardápios diferenciados para atender a todos os gostos.

A 10ª edição da Brasil Offshore, feira internacional do mercado de petróleo e gás, está com o credenciamento aberto para a inscrição do público no evento. Em 2019, a Brasil Offshore celebra 20 anos de realização reafirmando seu compromisso e credibilidade com o setor num cenário de reaquecimento da indústria e projeções positivas. O credenciamento pode ser feito gratuitamente por profissionais do setor através do site da Brasil Offshore (www.brasiloffshore.com).

O público terá acesso a um ambiente altamente especializado com oportunidades únicas de networking, negócios e aperfeiçoamento profissional. Entre as experiências da Brasil Offshore, destacam-se as Conferências Técnicas e o novo Espaço do Conhecimento da Bacia de Campos.

A Brasil Offshore é organizada pela Reed Exhibitions Alcântara Machado em conjunto com o SPE (Society of Petroleum Engineers) e o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis) e faz parte do portfólio global de eventos de energia, junto à SPE- Offshore Europe e ENGenious.

Para o empresário Evandro Cunha, coordenador da comissão municipal da Firjan, a Feira Brasil Offshore fez de Macaé uma vitrine de bons negócios na indústria de petróleo e gás, e agora surge como uma retomada do mercado tão esperada pela classe empresarial e de trabalhadores qualificados, acentuou.

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.