Vários motoristas perderam placas nas enchentes em Macaé

0
1131

Os alagamentos ocorridos nos últimos dias na cidade fizeram com que muitos condutores perdessem o equipamento da parte dianteira

Com as chuvas de outono, a população macaense tem sofrido com as enchentes e alagamentos, já que a cidade não suporta a quantidade de água que demora muito para escoar.

Dessa forma, muitos motoristas se aventuram a atravessar pistas alagadas e há mesmo momentos em que isso não pode ser evitado. Mas é preciso estar muito atento, porque, além dos possíveis danos ao veículo há uma grande chance da placa dianteira do carro ou da moto se soltarem. Esse é um fato que tem se tornando constante.

Além do tempo perdido para atender as exigências do Detran, da necessidade de providenciar diversos documentos, o motorista, se trafegar sem a placa e for flagrado por um guarda de trânsito, será multado em R$ 191,54, mais os pontos de infração gravíssima na carteira.

O Detran já alertou para a frequente perda das placas de carros em enchentes
Depois de passar numa área alagada o motorista precisa ficar atento e verificar, antes de sair de casa, se a placa dianteira está no lugar. Além das chuvas e alagamentos, os buracos das cidades contribuem ainda mais para que as placas se soltem.

De acordo com o despachante de Macaé, Carlos Antônio, a placa é a identificação do veículo e a garantia da sua legítima propriedade. “Ela funciona para garantir a segurança do proprietário e para possibilitar o controle dos órgãos de trânsito. Tanto quanto sua identidade pessoal é importante para a segurança, assim é a placa. Se ela for perdida, por algum motivo, você não poderá usar mais o seu carro enquanto não providenciar a 2ª via da placa perdida”, explicou.

Ele ressalta ainda que, essa não é uma tarefa simples e rápida e enquanto não é completada o condutor precisa se locomover de outra forma, como transporte coletivo, taxi, etc. Portanto, é um problema que fica caro. “Se você perder a placa numa cidade que não é a origem do carro, então o problema será ainda mais complicado”, comentou Carlos.

O despachante dá dica para a população macaense. Segundo ele, o motorista tem que ir até a Delegacia de Polícia para fazer um Boletim de Ocorrência. “A partir desse momento, sua placa não poderá ser indevidamente usada por alguém que a encontrou. Se estiver usando o carro, por ser final de semana ou feriado, o B.O. poderá ser avaliado por um guarda como justificativa para trafegar com o carro, mas não existe nenhuma certeza de que ele agirá com bom senso, o procedimento é bastante incerto e a multa poderá ser aplicada”, enfatiza.

Achados e perdidos

Para aqueles que perderam a placa dianteira em enchentes, as que mais se soltam facilmente, resta o recurso, antes de solicitar a 2ª via da placa, de pesquisar em redes sociais, como o Facebook, ou em grupos de whatsapp na tentativa de verificar se a placa foi encontrada e disponibilizada por alguém de boa vontade.

Na rede social, muitos estão divulgando os pontos de coletas, e o posto de combustível da Cancela Preta tem sido um deles, onde motoristas e motociclistas têm recorrido à ajuda com objetivo de encontrar as placas.