Trabalho é pauta de sessão extraordinário da Câmara

343

Vereadores debatem proposições que defendem direitos de servidores

Na manhã desta sexta-feira (04), com 13 vereadores presentes, a Câmara promove uma sessão extraordinária com objetivo de votar projetos, requerimentos e indicações que versam sobre o trabalho.

Segue em 1ª discussão um projeto assinado pelo vereador Marcel Silvano (PT) que visa restringir a terceirização na gestão pública, em uma série de atividades essenciais para a rotina da cidade.

“A proposta é evitar que a prefeitura ocupe vagas previstas em concurso através da terceirização de serviços, baseadas em contratações de empresas”, disse.