Setembro de arte e cultura na cidade

0
528
Os ingressos custam R$ 34 (inteira) e R$ 17 (meia). A classificação etária é de 16 anos

O Teatro do Sesi Macaé realiza uma super programação cultural neste mês de setembro, oferecendo atrações de primeira linha

Setembro já desponta repleto de animação trazendo com ele as melhoras atrações artísticas. É a cultura que continua em alta no Teatro do Sesi Macaé, que comanda a boa programação para todos os gostos e idade, tanto adulto quanto infantil, oferecendo espetáculos de primeira linha.

Assim, a programação de setembro do Teatro do Sesi será aberta com o super show de Ivan Lins, às 20h do dia 13. Os ingressos custam R$ 34 (inteira) E R$ 17 (meia). A classificação etária é de 16 anos.

Já no dia 14, a tarde será da criançada por conta do espetáculo infantil ‘Filhote de Cruz Credo’, a partir das 15h. Os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).
A bela cantora macaense Andrea Martins será a grande atração do dia 22, apresentando o show Eu & Elas, às 20h. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e a classificação etária é de 16 anos.

Fechando o mês entrará em cena o espetáculo adulto ‘O Pena Carioca’, no dia 27, às 20h. Os ingressos custam R$ 22 (inteira) e R$ 11 (meia). A classificação etária é 16 anos. Os ingressos são vendidos no site da Diverte Ingressos e na bilheteria do SESI.

Ivan Lins

Com uma serie de shows, Ivan Lins pretende revelar ao publico o porquê ele é considerado o compositor brasileiro de maior prestigio internacional, status somente alcançado por Antonio Carlos Jobim. O público poderá ter a oportunidade de ouvir canções que fazem sucesso desde 69 e foram regravadas por artistas como: Elis Regina, Ella Fitzgerald, Sarah Voughan, Simone, George Benson, Quincy Jones, Caetano Veloso, Martinho da Vila, Nana Caymmi, entre outros. Recentemente o rei Roberto Carlos manifestou publicamente o desejo de gravar “Lembra de Mim”. Ivan é vencedor de 4 Grammys Latino e autor de canções memoráveis como: “Bilhete”, “Lembra de mim” , “Vieste” , “Vitoriosa”, “ Dinorah, Dinorah”, entre tantas outras belíssimas canções.

‘Filhote de Cruz-Credo’

‘Filhote de Cruz Credo’ – A Triste História Alegre dos Meu Apelido é de autoria, no original, de Fabrício Carpinejar (pioneiro na temática do bullying), sendo considerada de utilidade pública e apresenta uma trilha com músicas de Erasmo Carlos,

Este espetáculo foi patrocinado pela Oi (através da Lei de Incentivo do ICMS), realizando a sua primeira temporada de julho a setembro de 2016, no Oi Futuro do Flamengo. A segunda temporada veio através do convite do grupo Vem Ágora, gestores do Teatro Ipanema (da Rede de Teatros do Município do Rio de Janeiro – de 04 de março a 02 de abril de 2017).
Recebeu seis indicações para o Prêmio CBTIJ 2016 (Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude – direção, adaptação, atriz, coadjuvante, direção musical e programação visual), vencendo nas categorias Melhor Ator Coadjuvante (João Lucas Romero) e Melhor Direção Musical (Charles Kahn).

Uma indicação no Prêmio Botequim Cultural 2016 (melhor atriz). E mais duas indicações no Prêmio Zilka Sallaberry (melhor ator e atriz – resultado em agosto de 2017).

Andrea Martins

Com uma voz potente e incrível presença de palco, a cantora Andréa Martins lança o Show ‘Eu e Elas”, interpretando as maiores divas da Música Popular Brasileira. Andréa, educadora de formação e cantora de coração, vem se destacando no meio musical com apresentações em casas de show, teatros e eventos culturais como o Centro Cultural Sentrinho Gourmet, Polo Gastronômico Cavaleiros, que tradicionalmente apresenta grandes nomes da MPB.

A música para Andréa Martins veio de forma despretensiosa, quando ainda muito jovem se reunia com amigos para ouvir e cantar as canções de sucesso da época. Foi nessa fase que foi apresentada a algumas das grandes intérpretes na nossa música como, Gal Gosta, Maria Betânia, Nana Caymmi e especialmente Elis Regina.

Com um estilo de interpretação munido de expressiva carga emocional, Andréa toma o palco de assalto e hipnotiza as plateias com seu canto forte, que parece trazer suas vivências, paixões, família e emoções para cada canção. Agora Andréa Martins lança sua 1ª turnê com o Espetáculo “Eu e Elas”, fazendo um passeio por grandes clássicos da nossa música, conhecidos pelas interpretações inesquecíveis das nossas maiores cantoras, em diferentes épocas.

‘O Pena Carioca’

A premiada Companhia Atores de Laura decidiu investigar as singularidades de se viver em uma metrópole com tantos paradoxos. Foi com essa inquietude que o grupo, dirigido por Daniel Herz, mergulhou na obra do fundador da comédia de costumes brasileira para a montagem ‘O Pena Carioca’. A produção reúne três peças emblemáticas de Martins Pena (1815-1848), dramaturgo raramente encenado fora dos círculos acadêmicos: ‘A família e a festa na roça’ (1838), ‘O caixeiro da taverna’ (1845) e ‘O Judas em sábado de aleluia’ (1846).

A trama de ‘A família e a festa na roça’ gira em torno de uma moça que quer se casar com o médico que retorna à cidade, enquanto sua família insiste em uma união arranjada; ‘O caixeiro da taverna’ acompanha a trajetória de um caixeiro ambicioso cujo maior sonho é se tornar sócio da loja onde trabalha – sem escrúpulos, esconde que é casado para a dona, que morre de amores por ele.