Serra Macaense tem todo o elenco regularizado no BIRA

0
418
Todos os jogadores que irão disputar a Série B1 já foram registrados no BIRA e estão liberados para jogar

Clube antecipou a inscrição dos atletas, que já estão aptos a disputarem o Campeonato Carioca – Série B1

Dentro de duas semanas, o Serra Macaense fará a sua grande estreia no Campeonato Carioca – Série B1. O primeiro compromisso da Taça Santos Dumont, primeiro turno, será contra o Campos, no dia 1 de junho, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, apelidado de Aryzão.

Visando o acesso inédito à Série A em 2020, o Verdão vem montando um time de peso para a temporada. Segundo o Clube, todo o elenco já está regularizado no BIRA, o Boletim Informativo de Registro de Atletas.

Apesar de o prazo limite para inscrição ter sido até ontem (20), o diretor do Departamento de Registros e Transferências do Verdão, Márcio Quaresma, diz que isso foi cumprido com antecedência. Na última sexta-feira (17), todos os atuais profissionais do plantel já estavam registrados.

“Durante a semana foram feitos todos os registros dos atletas profissionais junto à FERJ e CBF, bem como também do sub-20, com o contrato de vínculo não-profissional. Foram 54 jogadores ao todo registrados e publicados no BIRA. O Serra Macaense cumpriu o regulamento com antecedência, inclusive, do prazo. Caso cheguem novos atletas neste período, os seus nomes devem constar até 48h antes da partida no BIRA, para ficarem aptos, porém, isso apenas a partir do segundo jogo do Serra. Contra o Campos, à disposição da comissão técnica, são esses atletas vinculados até sexta-feira”, explicou Quaresma.

Enquanto o campeonato não começa, o ritmo de preparação segue intenso. O preparador físico Victor Moitinho analisa o momento atual do plantel. “É muito importante que se diga, antes de tudo, que temos um trabalho em conjunto. O mérito de resultados é de toda comissão técnica. O trabalho do preparador físico é potencializar as ideias do treinador. Como ele gosta que a equipe jogue, por exemplo, se é com intensidade, aguda, fazendo pressão alta, então preciso pegar as informações, processar e planificar os treinamentos, para que os atletas estejam aptos a realizar o que se propõe. Nosso trabalho é todo integrado. Estamos todos alinhados, físico, técnico, tático. Isso vale para os goleiros também. A gente terminou o período de pré-temporada em quatro de maio e entramos no período pré-competitivo desde então, que fecha no dia 25 de maio. A partir disto é competição. São dados diários que avaliamos com os atletas, como o PSE (Percepção Subjetiva de Esforço), que nos ajuda a ter um maior controle para não criarmos sobrecargas. A nossa ideia no final de cada período é ter esses dados prontos para analisar tudo. Queremos zero lesão muscular”, afirma o professor.

Esse clima positivo tem refletido entre os jogadores. “Fico feliz em poder ajudar o time nesta preparação, tanto na parte ofensiva, quanto na parte defensiva. Sei que tenho muito a crescer ainda, como todos os companheiros. O trabalho do professor Luiz Felipe vem gerando resultados positivos para nossa equipe e tenho certeza que estaremos todos prontos para a estreia no Campeonato Carioca – Série B1. O grupo tem assimilado bem o que é passado no dia a dia e isso facilita o coletivo para sobressair no momento do jogo”, declarou o lateral-esquerdo Matheus Oliveira.

Depois do jogo contra o Campos, ainda no primeiro turno do Cariocão, o Verdão encara o Duque de Caxias (8/6), Serrano (16/6), Ad Itaboraí (22/6), Bonsucesso (29/6), Friburguense (6/7), Tigres do Brasil (13/7) e Barra da Tijuca (20/7).

Já a estreia na Copa Rio será no dia 19 de junho, no primeiro confronto do Grupo F, contra o Campos, fora de casa. O jogo de volta será no dia 26 de junho, no Moacyrzão.