Repetro Já: caravana protesta hoje na Alerj

282
"Quem defende a mudança do Repetro é inimigo número 1 do Estado do Rio de Janeiro", disse Maxwell Vaz

Uma caravana, composta por lideranças políticas, representantes de instituições empresariais locais, membros de sindicatos e integrantes da sociedade civil organizada, parte nesta terça-feira (8) para o Rio de Janeiro, com objetivo de protestar na porta do Palácio Tiradentes, contra a redução dos efeitos do Repetro.

A mobilização, liderada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, da Câmara de Vereadores, deve iniciar às 13h na frente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

De acordo com o vereador Maxwell Vaz (SD), relator da Comissão, o objetivo principal do ato é demonstrar o quão nocivo será para o Estado do Rio, a não permanência da integralidade dos efeitos do Repetro – sistema especial de tributação para as operações offshore.

“Quem defende a mudança do Repetro é inimigo número 1 do Estado do Rio de Janeiro”, disse Maxwell Vaz.

Há um mês, a Câmara de Vereadores encaminhou à presidência da Alerj um ofício repudiando a tramitação de dois projetos de lei que visam anular os efeitos do decreto do governo do Estado, que adota a integralidade do Repetro, e exclui a fase de produção dos efeitos especiais da tributação.

A expectativa é que representantes da Comissão Municipal da Firjan, da Associação Comercial Industrial de Macaé (ACIM) e do Convention and Visitors Bureau (CVB) também participem do ato de hoje.

Ainda não há previsão de quando esses projetos serão colocados na pauta de votação da Alerj. E isso cria instabilidade econômica para a região.