Quissamã decreta luto oficial por cinco dias por morte de Léo SIS

802
Léo SIS (à esq.), ao lado de Fátima, Chico Machado e Marcelo Batista

Vereador faleceu na quinta-feira após complicações de cirurgia de retirada de tumor

A prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, decretou na sexta-feira (27) luto oficial no município de cinco dias, em virtude do falecimento do vereador Leonardo da Silva Serra – Léo da SIS. Outras lideranças políticas da região também lamentaram a morte do parlamentar.

De acordo com informações de amigos próximos, Léo SIS estava internado em um hospital no bairro de Icaraí, em Niterói, após passar por cirurgia de remoção de um rim, afetado por um tumor. A suspeita é de que ele tenha contraído infecção hospitalar.

O falecimento foi registrado na noite de quinta-feira (26). Logo após a notícia, Fátima e o vice-prefeito de Quissamã, Marcelo de Souza Batista, assinaram uma nota de pesar em virtude do falecimento do parlamentar. “Registramos com imenso pesar, o falecimento do Vereador Leonardo da Silva Serra, o querido Léo da SIS, amado filho de Quissamã, empresário e político comprometido, mas, sobretudo, amigo leal, filho dedicado, irmão companheiro, esposo e amoroso pai”, disse a nota.

No Facebook, o ex-vereador e deputado estadual suplente Chico Machado também lamentou a morte de Leo SIS. No último dia 12 de junho, aniversário de Quissamã, o parlamentar havia concedido à Chico o título de Cidadão Quissamaense. “Quero agradecer a Deus por ter proporcionado um amigo como vc, amigo de todas as horas. O momento é de dor e pesar, mas peço a Deus o conforto para nós amigos, seus familiares, esposa e filho. Descanse na paz do Senhor!”, escreveu Chico.

O velório do corpo de Leo SIS ocorreu no Ginásio Poliesportivo da cidade. O sepultado acontece no cemitério municipal.