‘Primavera dos Museus’ atrai as atenções do público

0
452
A Diretora do Solar Dos Mellos, Viviane Matos Chaves, ressalta a homenagem que está sendo prestada ao Museu Nacional e seus 200 anos de história, pela sua importância e sobrevivência, apensar da grande perda.

O evento foi aberto ontem e prossegue até sábado (22) repleto de atrações e homenageando os 200 anos da criação do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que sofreu um incêndio de grandes proporções

Uma extensa programação marca a ‘12ª Primavera dos Museus’, que é um evento nacional coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), abordando o tema o tema ‘Celebrando a Educação em Museus’. Em Macaé, a promoção especial acontece entre os dias 17 e 22 de setembro no Solar dos Mellos – Museu da Cidade.

Neste sentido, esta edição da Primavera nos Museus’ celebra os 200 anos da criação do primeiro museu no Brasil, o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que sofreu um incêndio de grandes proporções no dia 2 de setembro, tendo cerca de 20 milhões de itens destruídos pelo fogo.

Sob a liderança do secretário de Cultura de Macaé, Thales Coutinho, a programação foi aberta segunda-feira (17) com cerimonial de abertura, apresentação de Dança – Escola Municipal de Dança – EmDança; abertura da Exposição ‘Celebrando a Educação nos Museus – Tempo, linguagens e memórias’; aula inaugural da ‘Oficina de vídeos com celular’ coordenada pelo publicitário e produtor Hélder Santana e participação do Prof. Dr. Rafael Costa – Nupem/UFRJ. O evento prossegue com contação de histórias, mostra de dança, de capoeira e do espetáculo ‘Circo a Céu Aberto’, além de brinquedos infantis, artesanato, culinária e show de Choro.

A Diretora do Solar Dos Mellos, Viviane Matos Chaves, ressalta a homenagem que está sendo prestada ao Museu Nacional e seus 200 anos de história, pela sua importância e sobrevivência, apensar da grande perda. “Lamentamos o trágico incêndio ocorrido, uma perda irreparável hoje e para as futuras gerações, sendo assim faço um convite à população para valorizarem o Museu da Cidade de Macaé, conhecê-lo, visitá-lo, frequantá-lo e se aproximarem deste espaço, que é de toda sociedade e de todas as artes e culturas”, declarou a Diretora.

Museu dinâmico

Viviane informa que a proposta da ‘12ª Primavera dos Museus’ é de se tornar um marco para a dinamização do museu de Macaé. Durante a semana, a Secretaria de Cultura, além das atividades gratuitas e abertas ao público, oferecerá a primeira ‘Oficina de vídeos com celular’ a estudantes de 13 a 18 anos da rede pública de escolas próximas ao museu.
“Esta será a primeira. Mas as portas do museu estarão abertas para receber os interessados em cursar oficinas oferecidas no Solar dos Mellos. Já estamos convidando o público para participar semanalmente do projeto ‘Quintas no Museu’, que inclui oficinas, palestras e atividades de integração. A primeira edição, ‘Oficinas de Handmade no Museu de Macaé’, será voltada para os artesãos. Este projeto, às quintas-feiras, das 14h às 18h, dará continuidade a nossa proposta de universalização dos espaços culturais e de valorização da diversidade no setor”, disse Thales.

‘12ª Primavera dos Museus’

A Diretora Viviane Matos Chaves informa que a ‘12ª Primavera dos Museus’ consta da primeira ‘Oficina de vídeos com celular’, que será coordenada pelo publicitário e produtor Hélder Santana e ministrada pela equipe do Núcleo de Arte, Mídia e Educação do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Nupem/UFRJ-Macaé). Ainda integram o projeto o Prof. Dr. Rafael Costa, do Nupem/UFRJ, o produtor cultural, Marcelo Tosta, e a fotógrafa, Claudia Barreto, que também é curadora da exposição ‘Celebrando a Educação nos Museus – Tempo, linguagens e memórias’.

“Dois outros projetos do museu acontecerão durante a ‘12ª Primavera nos Museus’: o Café Literário, com sarau de poesias, e o ‘Professor Investigador’. Este último com a palestra ‘Pelo caminho das Letras: história, educação e memória’, ministrada pela doutoranda (Uerj) e Mestre (Uerj) em Educação, Cultura e Comunicação, Eliana Santos da Silva, e ainda com a mesa-redonda ‘Educação nos museus’”, destacou a diretora do Solar dos Mello.

Programação

Equipe de profissionais do Solar dos Mellos

Dia 18; Visita guiada com o historiador Bruno Rodrigues – Exposição ‘Celebrando a Educação nos Museus – Tempo, linguagens e memórias’; ‘Oficina de vídeos com celular’ com participação da Equipe do Núcleo de Arte, Mídia e Educação – Nupem UFRJ – e da fotógrafa Claudia Barreto; Projeto Professor Investigador – Palestra ‘Pelo caminho das Letras: história, educação e memória’, com a doutoranda (UERJ) e mestre (UERJ) em Educação, Cultura e Comunicação, Eliana Santos da Silva Laurentino.

Dia 19: Visita guiada com o Historiador Bruno Rodrigues – Exposição ‘Celebrando a Educação em Museus – Tempo, linguagens e memórias’; “Oficina de vídeos com celular” com participação da Equipe do Núcleo de Arte, Mídia e Educação – Nupem UFRJ – e Marcelo Tosta, cineasta e teatrólog; Café Literário.

Dia 20: Visita guiada com o Historiador Bruno Rodrigues – Exposição ‘Celebrando a Educação em Museus – Tempo, linguagens e memórias’; ‘Oficina de vídeos com celular’; Projeto Professor Investigador – Mesa Redonda: ‘Educação nos museus’ com a coordenadora do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Museóloga, Luciene Figueiredo; com o fotojornalista Romulo Campos; com o turismólogo da Secretaria Adjunta de Turismo de Macaé, Erick Coelho; Mediador: o historiador do museu Solar dos Mellos, Bruno Rodrigues.

Dia 21: Visita guiada com o historiador Bruno Rodrigues – Exposição ‘Celebrando a Educação em Museus – Tempo, linguagens e memórias’; ‘Oficina de vídeos com celular’; Exibição dos trabalhos desenvolvidos pela oficina.

Dia 22: Contação de História com Margarida Barcelos; Circo a Céu Aberto, com Fabiano Freitas; Grupo de Dança do Polo de Cultura da Fronteira; Grupo de Capoeira do Polo de Cultura da Fronteira; Show Musical de Choro com músicos da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart).