Polícia apreende quase 100 quilos de maconha e 45 quilos de cocaína

379
De acordo com a PM o prejuízo estimado para o tráfico é de R$ 2 milhões - Foto Divulgação

E as Polícias Federal e Militar continuam sufocando o tráfico de drogas na região, resultando em muito prejuízo com as apreensões de drogas e dinheiro. Tais ações são de extrema importância no combate à criminalidade, evitando que as facções criminosas cresçam ainda mais e se tornem mais fortes. Por isso, a polícia realiza operações diariamente em toda a área, com o objetivo de enfraquecer essas facções criminosas.

Na última terça-feira (19), uma importante operação da Polícia Federal (PF) em conjunto com a Polícia Militar (PM) contra o tráfico de drogas na área do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM) resultou na prisão de dois homens e uma mulher que guardavam materiais entorpecentes dentro de duas residências nos bairros Campo D’Oeste e Aroeira, avaliado em quase dois milhões.

Ao todo foram apreendidos 96 quilos de maconha e 45 quilos de cocaína. De acordo com a Polícia Militar, as drogas estavam divididas em 4.236 sacolés de cocaína e 7.044 buchas de maconha. Também foram apreendidas quatro pistolas 9 milímetros, 13 munições para pistola e dinheiro no valor de quase 7 mil reais.

Uma parte do material foi apreendida em uma casa no bairro Campo D’Oeste, e outra dentro de um carro no bairro Aroeira. Os agentes chegaram ao material depois de denúncias anônimas sobre locais que seriam usados para guardar drogas de uma facção criminosa que atua na cidade.

Para o delegado titular da Polícia Federal (PF), Felício Laterça, a quantidade de materiais entorpecentes surpreendeu todos os agentes que participaram da operação.  “Vamos investigar de onde vieram essas drogas e para onde seriam repassadas”, disse.

Os bairros Campo D’Oeste e Aroeira têm apresentado, diariamente, casos de tráfico de drogas, ao passo que as autoridades vêm realizando operações com frequência e conseguido obter a detenção dos suspeitos e apreensão de materiais. Tais ações conseguem enfraquecer o movimento das vendas e, por esse motivo, são fundamentais no combate à criminalidade no local.