odebateon-bacia-de campos-offshore
Estima-se que tenham vazado 188m³ de óleo no Parque das Baleias, na Bacia de Campos - Divulgação

Empresa diz que não há risco de mancha chegar à costa

A Petrobras informou a ocorrência de um rompimento de mangote na Plataforma P-58, durante operação de transferência de óleo para navio aliviador na madrugada do último sábado (23), causando o vazamento de óleo em um volume inicialmente estimado em 188m³.

Segundo a companhia, o processo de transferência foi interrompido imediatamente. “A plataforma está em condição segura. Não há vítimas nem impacto para operação”, disse o comunicado.

A plataforma está localizada no Parque das Baleias, na Bacia de Campos, litoral sul do Espírito Santo, a cerca de 80 quilômetros da costa. “Duas embarcações estão no local para contenção e recolhimento da mancha. As simulações iniciais indicam que não há risco de a mancha chegar à costa. Está sendo realizado sobrevoo com especialistas para avaliação da região. As ações adotadas pela Petrobras e acompanhadas pela Marinha do Brasil, pelo Ibama e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) permitiram o controle e a dispersão do óleo vazado”, disse a empresa.

A Petrobras já comunicou a ocorrência aos órgãos reguladores competentes. Uma comissão está sendo formada para investigar as causas da ocorrência.

O vazamento de óleo na plataforma P-58, no litoral capixaba, no último sábado, 23, é mais um sintoma da falta de investimentos da Petrobras na área de segurança operacional. A avaliação é do coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, que acompanha o caso por meio da atuação do Sindipetro-ES.

“Fizemos contato com os companheiros da diretoria do Sindipetro-ES. Há um diretor deles a bordo da unidade. Este é mais um caso que mostra a falta de investimento em prevenção, em um ambiente gerencial que só pensa em punir os trabalhadores”, afirma Tezeu.

1 COMENTÁRIO

  1. Só uma correção, esta plataforma esta na Bacia do Espírito Santo – UO- ES, ainda foram mais duas du UO-BC ( Bacia de Campos ) P-25 e P-31, também da UO-RIO P-50, e esta a caminha da UO-ES o Ativo de Roncador, com mais 04 ou 05 plataformas a serem incorporadas a UO-ES ( Bacia do Espirito Santo ), e ” nossos ” governantes brincando de governar, e nossas plataformas, mudando de estado, ou seja, saindo arrecadação do já combalido Estado do Rio de Janeiro, indo para a UO-ES, Espírito Santo, estamos bem, nãos estamos???

Comments are closed.