Paulinho Serra comanda noite de arte e muitos risos

0
810

O espetáculo ‘Paulinho Serra em Pedaços’ acontece no Teatro Municipal de Macaé neste sábado (10), garantindo uma noite de muitas risadas

Um convite a boas gargalhadas! Assim, o público macaense está na maior expectativa para curtir uma noite de pura diversão, deixando fluir muitos risos. É o show ‘Paulinho Serra em Pedaços’, que acontece neste sábado (10) no Teatro Municipal de Macaé, numa realização de Sandro Faz Produções. O ator estará interpretando seus variados personagens, em única apresentação na cidade, e fazendo a alegria da plateia.

Paulinho Serra é ator do seriado Chapa Quente da TV Globo, repórter de rua do BBB, ator de Vai Que Cola e Chilindró no Multishow, com participações em mais de 12 filmes no cinema brasileiro, ex-VJ da MTV (onde apresentou programas como Comédia MTV e Quinta Categoria) e fundador do canal Amada Foca (sucesso no Youtube e redes sociais).
Os ingressos antecipados podem ser adquiridos pelo valor de R$ 25, através do site www.sympla.com.br/sandrofaz ou na Bilheretia do Teatro Municipal de Macaé – Avenida Rui Barbosa nº 780 – Centro.

Serviço

Espetáculo ‘Paulinho Serra em Pedaços’
Data: 10 de agosto
Local: Teatro Municipal de Macaé – Avenida Rui Barbosa nº 780 – Centro – Macaé
Horário: às 20h
Ingressos antecipados (R$ 25
Outras informações: (22) 99839-1459 / 98837-5700

‘Paulinho Serra em Pedaços’

‘Paulinho Serra em Pedaços’ é um espetáculo autoral. Apresenta como fio condutor um texto de Stand-up que leva o ator a encenar alguns personagens, como o mais marcante da sua vida, o “Traficante Gay”. Com 1h de duração, o humorista cita fatos que aconteceram durante sua vida, com humor inteligente e muito talento. O espetáculo apresenta ao público a versatilidade do ator que entra em cena com diferentes personagens e também de “cara limpa”.

No espetáculo ‘Paulinho Serra em Pedaços’, que já fez turnê pelo país e chegou até ao Japão, Paulinho Serra traça sua trajetória artística em seu espetáculo solo, começando pela infância pobre em Bangu, sua ida para São Paulo, sua afirmação como humorista e a criação do bem-sucedido “Traficante Gay”, personagem pelo qual ele até hoje é reconhecido nas ruas. O comediante conta o começo da carreira artística até a afirmação como um dos grandes nomes do humor nacional, e surpreende em improvisos com a plateia.

‘Paulinho Serra em Pedaços’ é um espetáculo digno de quem apresentou à mídia nomes como Eduardo Sterblitch, Tata Wernewck, Miá Mello, Rodrigo Capella, Marcelo Marrom, entre outros. Hoje cada um segue sua trilha, mas com o jeito ‘deznecessário’ de ser, comenta Paulinho sobre a identidade forte que levam os atores que fizeram parte da cia de humor.
Paulinho Serra gosta de improvisar.

Desde as apresentações do grupo Deznecessários, que comandou nos anos 2000 com outros nomes do humor nacional, até em programas de rádio e TV, sempre houve espaços para cacos e comentários ácidos e engraçados. Por isso, cada sessão do stand-up ‘Paulinho Serra em pedaços’, é um espetáculo original, que comprova a versatilidade do ator. “Há muito improviso com a plateia. Gosto de reservar os primeiros 10, 15 minutos do espetáculo para comentar o factual e ter essa interação com o público. Também deixo filmar, fotografar, levantar. No espetáculo, pode tudo desde que com respeito”, explica Paulinho, que desde 2012 apresenta turnê pelo país, levou a produção até ao Japão duas vezes e recentemente se apresentou na Austrália.

Paulinho Serra

Paulo José Serra do Carmo, mais conhecido como Paulinho Serra (Rio de Janeiro, 9 de novembro de 1977), é um ator, humorista e radialista brasileiro, tendo também sido da Multishow. Trabalhou na Rádio Jovem Pan, no Programa Pânico, no programa Pânico na TV. Em 2013 integrou o programa Famoso Quem?, do SBT. Ele foi um dos pioneiros do stand-up comedy no país dirigindo o grupo os Deznecessários.

Paulinho começou sua carreira humorística fazendo teatro, onde integrou o grupo Deznecessários, juntamente com Marcelo Marrom, Rodrigo Capella, Maíra Charken, Miá Mello e Tatá Werneck. Em 2005 trabalhou no projeto Viagem ao Corpo Humano, na empresa Turma do Salsicha, fazendo o personagem “Cariodrácula” e apresentando de maneira divertida as funções do corpo humano para crianças de diversas escolas do Rio de janeiro. Em 2007, após conceder uma entrevista ao programa Pânico da Rádio Jovem Pan, foi convidado a trabalhar no programa, onde interpretou um personagem. No ano seguinte, atuou na novela Duas Caras, interpretando o professor de sociologia argentino Ignácio Guevara.

Em 2010, Paulinho Serra assinou com a MTV Brasil para comandar o programa Quinta Categoria (anteriormente apresentado por Marcos Mion em 2009), junto com Rodrigo Capella e Tatá Werneck (ambos dos Deznecessários), onde havia sempre um convidado diferente. No mesmo ano, foi chamado para participar do programa Comédia MTV. O Quinta Categoria saiu do ar e a partir do ano de 2012, Paulinho Serra passou a participar apenas do Comédia MTV e Trolalá MTV, programa novo, diário, de apenas 15 minutos onde ele e a Tatá Werneck passam trotes e trollam as pessoas.

Paulinho já atuou nos palcos, na TV e no cinema, porém, como ele mesmo diz: ainda estou engatinhando, tenho muito a aprender e a fazer. Quero fazer coisas novas e em veículos novos, mas o palco é para o resto da vida.