Menino macaense ganha mundo com canal no Youtube sobre dicas de livros

0
723

Com apenas oito anos de idade, Nicolas Teixeira Pacheco já exibe um canal no Youtube sobre dicas de livros

Com apenas oito anos de idade, macaense revela seu talento no mundo literário, mostrando ao mundo a sua paixão pela leitura. Trata-se de Nicolas Teixeira Pacheco, aluno brilhante do 3º ano do Colégio Castelo, que agora já exibe um canal no Youtube sobre livros. O canal leva o título ‘Nicolas e os Livros’ e tem a proposta de divulgar suas dicas sobre livros sem ‘spoiler’ (fornece informações sobre o conteúdo do livro sem revelar o final).

O jovenzinho informa que escolhe os livros de acordo com a sua leitura. “Leio primeiro e se gostar divulgo”, conta Nicolas, ressaltando que já indicou vários títulos das coleções ‘Casa na Árvore’ e ‘Gol’, porque essas duas coleções mostram o que se passa no mundo. “A minha intenção é estimular as pessoas a lerem mais”, frisou.

Nicolar esclarece que a coleção ‘Casa na Árvore’ faz soltar a imaginação através dos andares mágicos; e ‘Gol’ atua pela paixão da grande maioria dos brasileiros, que é apaixonada por futebol.

Tendo aprendido a ler aos cinco ano e meio, o menino não parou mais. Após a escola, o seu lazer se resume nos livros. Ele contou com o forte incentivo da mãe, Mestre em Letras e Servidora Pública da UFRJ, Cristiane Pires Pacheco (Doutoranda no Nupem/UFRJ), que o ajudou em tudo, inclusive, providenciando as informações sobre os tuteriais de canal Youtube e executando como responsável da conta.

Sucesso do Nicolas

Cristiane conta que o êxito do filho é notado, através do próprio retorno do canal, já que somente no primeiro vídeo ‘Casa na Árvora’ teve mais de 230 visualisações e 50 inscritos no canal. “Os comentários são os mais elogiosos, não havendo nenhum registro de slike; todos os que acessaram o canal aprovaram a iniciativa”, revela a mãe de Nicolas, toda orgulhosa, informando ainda que muitas pessoas a têm procurado para saber mais sobre a alfabetização de Nicolas, qual escola estuda, e sobre o letramento acentuado do Nicolas, já que a sua leitura é em nível elevado porque ele lê por intermédio da mãe desde bebê. “Desde bebê, Nicolas começa a resignificar o mundo em que vive através da literatura. A criança que lê o vocabulário melhora, interpreta melhor e conquista nível elevado de conhecimento”, frisou Cristiane

Nicolas esclarece que lê no minimo um livro por semana, e sua rotina e escola à tarde, onde leva seus livros para ler no recreio e nos intervalos das aulas joga futsal, faz robótica no projeto da Cidade Universitária (parceria do curso de Engenharia da UFRJ com a Prefeitura); e quando chega em casa, lancha, toma banho, faz o dever de casa e pega o tablet para ler.

Metas e desafios

O youtuber fala de sua satisfação no momento com o canal mas que pensa em futuro estender o canal para música. “Quando crescer quero ser Dj, por isso desejo dar dicas de músicas. Sou fã incondicional do Masshmalow e Alok. Minha outra paixão é mesmo a música. Por isso, breve vou mergulhar fundo como Dj”, frisou Nicolas.

Incentivos ao Nicolas

O pai do Nicolas, o Servidor Público lotado na Secretaria Adjunta de Ensino Superior (Secretaria Municipal de Educação), Maurício Siqueira Pacheco, disse que o filho é uma criança amorosa, comunicativa e quer fazer amizade com todo mundo. “Em todos os lugares em que chega puxa assunto e já conversa com criança ou adulto como se o conhecesse. Ele faz parte dessa geração que é a esperança de mundo melhor, mais justo e solidário para todos”, falou.

Já a professora do Youtuber no Castelo, Tia Simoni, lembrou que Albert Einstein disse que uma mente que se abre a uma nova ideia jamais volta ao seu tamanho original. “Essa frase me serviu de inspiração quando pensei em escrever sobre o nosso pequeno e brilhante Nicolas. Através do seu canal e de forma bem criativa, ele tem incentivado a leitura de uma forma prazerosa e divertida, fomentando a aprendizagem através de suas experiências com o mundo da imaginação, diversão e do conhecimento. Todos os alunos possuem a opção de aprender de forma superficial ou intensa, o Nicolas escolheu a segunda o que não poderia ser diferente pois é um menino curioso, dedicado e estudioso. Sinto-me privilegiada por ser sua professora. Desejo que seu canal seja apenas o início de uma vida cheia de felicidade e sucesso”, declarou a professora.