Idosa assassinada é enterrada no cemitério de Rio das Ostras

1
1038

Parentes e amigos de dona Alzira Maria dos Anjos, de 71 anos, deram último adeus no Cemitério do Âncora. Polícia Civil investiga o crime

No velório de dona Alzira Maria dos Anjos, familiares e amigos se perguntavam o que motivou o assassinato com requinte de crueldade, de uma idosa de 71 anos. O sepultamento ocorreu na manhã de terça-feira (7), por volta das 11h, no Cemitério do Âncora, sob forte comoção. Dona Alzira morava na Rua Rio de Janeiro, no bairro Cidade Praiana, onde tudo aconteceu.

O crime ocorreu dentro de casa da idosa. Ela foi encontrada morta com sinais de tortura em cima da cama, com as mãos e os pés amarrados, olhos vendados e teve parte do corpo carbonizado.

No imóvel, os criminosos reviraram objetos e o armário do quarto da vítima. Polícia acredita que os suspeitos tenham feito isso para que o crime levasse a suspeita de um latrocínio, que é roubo seguido de morte.

A Polícia Civil investiga a motivação do crime, e uma das suspeitas é que a dona Alzira tenha sido vítima de vingança. Segundo familiares, há dois meses a idosa foi assaltada. Ela foi chamada à delegacia e reconheceu o suspeito. O criminoso teria sido solto há pouco tempo.

Vizinhos da idosa lamentaram a morte nas redes sociais. “Dona Alzira, pessoa de bem, moradora há anos na cidade, e com uma índole fora do comum. Deixará saudades! Que Deus traga o refrigério para o coração de todos os amigos e familiares”, disse uma moradora.

A Polícia Civil pede para que a população denuncie através do telefone (22) 2760-6941 ou pelo Disque-Denúncia (22) 791-5379.

Entenda o crime

De acordo com a Polícia Militar, uma viatura foi acionada pelo Corpo de Bombeiros para comparecer até a casa da vítima, localizada na Rua Rio de Janeiro, onde estava ocorrendo um incêndio, na madrugada de última segunda-feira (6), iniciado por volta das 5h50. Os criminosos primeiro torturaram a idosa e a imobilizaram, em seguida cortaram a mangueira do botijão de gás, para que as chamas se alastrassem mais rápido e atearam fogo na casa.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.