Homenagem ao suplente de vereador Celso da Padaria

1549
Manoel e Celso da Padaria foram lembrados ontem na Câmara

Vereadores marcaram um minuto de silêncio pelo falecimento em respeito a Celso

Com um minuto de silêncio, o plenário da Câmara de Vereadores prestou ontem (18) homenagem à memória do suplente de vereador Celso Monteiro Cardoso, o Celso da Paderia, que faleceu aos 53 anos na última terça-feira (17) por conta de complicações na saúde.

O falecimento foi registrado pelo vereador Alan Mansur (PRB).
“O Celso é um amigo da minha família, um homem íntegro que sempre lutou pela cidade. Sem dúvidas, hoje a Barra e Macaé está em luto”, disse.
O vereador Luiz Fernando (PT do B) também fez questão de relembrar a trajetória política de Celso.

“Depois de quase conseguir uma vaga aqui na Casa, Celso, que era suplente do meu partido, estava empolgado de seguir uma nova carreira política neste ano. Sem dúvidas, essa é uma grande perda para a cidade”, disse Luiz Fernando.

Natural do Rio de Janeiro, Celso da Padaria ficou conhecido por montar, na Barra, um dos mais tradicionais estabelecimentos comerciais da cidade.
Filiado ao PT do B, obteve 1.153 votos nas eleições de 2016, ao disputar o cargo de vereador.

Em tratamento de saúde, precisou se afastar da cidade. Porém, mesmo assim, manteve a militância política e utilizava as redes sociais como ferramenta de divulgação dos problemas da cidade e do anseio da população.

Pela intenet, a sua morte foi bastante lamentada.

Há 30 dias, Celso sofreu a morte do pai, Manoel da Padaria.