Equipe macaense conquista medalhas em São Paulo

378
Jovens macaenses trouxeram para casa 13 novas medalhas

Jovens atletas da Gracie Humaitá participaram do Campeonato Brasileiro da CBJJ

O esporte tem o poder de transformação na vida de um indivíduo, principalmente na fase inicial da vida. E os jovens talentos da equipe Gracie Humaitá Macaé são a prova de que, com muito treino, disciplina e dedicação é possível ir longe.

Um grupo de atletas na faixa-etária entre quatro e 17 anos foi destaque no maior evento de jiu-jitsu do país: o Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ), que aconteceu no último final de semana em São Paulo (SP) e reuniu mais de sete mil competidores inscritos.

A equipe macaense, que contou com o apoio dos professores César Maillet e Isaac Guimarães, levou 14 atletas e trouxe para casa 13 medalhas. “É uma gratificação muito grande ver o desempenho dos nossos alunos crescendo no tatame. Esse evento é muito importante para classificação dos nossos atletas, que sem dúvidas fizeram um bom trabalho”, destacou o mestre César Maillet.

O vereador Marvel Maillet (REDE), também faixa preta no jiu-jitsu, esteve presente no evento. “Deixo meus parabéns aos alunos, pais e professores que se dedicam diariamente para obter ótimos resultados como esse. Macaé, mais uma vez, é destaque numa competição brasileira”, disse.

Marvel busca na Câmara de Macaé o cumprimento da Lei 2.756/2006 que institui o programa municipal Bolsa-Atleta. “Precisamos dar essa oportunidade de estarmos em grandes competições para mais atletas da nossa cidade. Vamos tornar Macaé a cidade do esporte”, ressalta o vereador, que destinou mais de R$ 1 milhão para implementação no Bolsa Atleta, por meio de emenda impositiva.