Lançado pela Editora Edebê, da Rede Salesiana de Escolas, em 2018, a Coleção Girolhar faz parte do material didático oficial da Educação Infantil do Instituto Nossa Senhora da Glória – INSG/Castelo. A coletânea, composta por livros didáticos e paradidáticos, blocos de apoio, fichas, brinquedos e uma sacola personalizada, vem com a proposta principal de valorizar as vivências e as experiências das crianças, sendo o professor o responsável por mediar e fazer parte do processo. Os conteúdos trabalhados são apresentados de forma interdisciplinar, levando em consideração os diferentes campos de experiências.

O robozinho de madeira, conhecido como “Cubetto”, é a sensação dos pequenos. Ele ensina as crianças, a partir dos 3 anos, noções de linguagem de programação. A proposta inicial do material de robótica é utilizar pequenos blocos coloridos para que as crianças possam ajudá-lo a encontrar o caminho correto em mapas, que recriam vários cenários como o oceano e até mesmo o espaço. Cada bloco representa um comando real dentro da linguagem de programação. O Cubetto é totalmente vinculado ao material didático, que vai interagir com as crianças na realização das experiências educativas, chamando–as para brincar no chão, para resolver problemas e para participar.



Formação
Os educadores do Colégio Castelo participam de reuniões pedagógicas onde há troca de experiências com outros educadores das escolas que fazem parte da Rede Salesiana. A formação conta com a participação das autoras da coleção: Aline Pinto e Larissa Kautzmann, que auxiliam repassando experiências na utilização deste material pedagógico inovador, de maneira proveitosa.

A coordenadora pedagógica da Educação Infantil, Sionéia Cancela, explica que a Coleção Girolhar apresenta conteúdos e recursos que fazem da experiência de aprendizagem um momento envolvente, inclusive para a família. “Trata-se de um projeto original e diferenciado que foi construído de forma colaborativa, ouvindo escolas da rede, professores e especialistas em Educação Infantil. O trabalho, desenvolvido com a Coleção Girolhar, dá à criança a oportunidade de criar, recriar e usar a sua imaginação, lançando mão das linguagens que a ela são oferecidas”, finaliza.