odebateon
Deputado estadual Chico Machado repudia a decisão do prefeito de Macaé de romper o contrato com a Cedae - ReproduçãoAlerj

Deputado estadual utilizou a tribuna para condenar a decisão do Executivo municipal de rescindir o contrato com a Cedae

 

O deputado estadual Chico Machado (PSD) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), durante a sessão ordinária da última quarta-feira (20), para fazer duras críticas contra o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio, que por decreto assinou esta semana a rescisão de contrato do abastecimento de água na cidade com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio (Cedae).

“Temos que analisar com muito cuidado esta decisão, pois temos pessoas que dedicaram suas vidas pela Cedae. Sabemos que o órgão enfrenta problemas de abastecimento em Macaé, mas prefiro lidar com os problemas da Cedae ao invés de resolver com a Odebrecht ou BRK Ambiental, que na verdade só sabem mandar conta para pagar e não tem a quem reclamar”, disse o parlamentar, que completou sua frase.

“O prefeito assinou um decreto rompendo o contrato com a Cedae. Não é a forma legal de romper um contrato em vigência. O meu medo é o que vem por detrás disso. Ele quer entregar a água da nossa cidade para uma empresa multinacional ou nacional que só visa o lucro. A Odebrecht tem uma ligação muito estreita com o prefeito de Macaé. Um prefeito que não cuida das ruas da cidade, que tem um orçamento de 2,5 bilhões de reais, e quem dos senhores deputados for a minha cidade vai encontrar ruas esburacadas, bairros abandonados, iluminação pública precária, hospital desabando telhado em cima de gestante, e o prefeito é médico. Será que ele tem capacidade de administrar água para uma população de mais de 220 mil habitantes? Trata-se de um decreto irresponsável”, frisou Chico Machado.

O deputado estadual confirmou que esta decisão já chegou ao ouvido do governador Wilson Witzel, que não gostou da notícia recebida. O presidente da Cedae, Hélio Cabral, fez contato telefônico com o parlamentar para saber detalhes da decisão.

“No decreto assinado pelo prefeito, ele diz que em 72 horas vai tomar as medidas cabíveis. Quando assumiu o mandato de prefeito em primeiro de janeiro de 2013 falou que em um ano iria resolver o problema de abastecimento de água na cidade. Passaram-se seis anos e quatro meses que ele é prefeito e não fez nada. Ele é um grande marqueteiro. Ele teve dois governadores do MDB, partido que ele pertenceu, para fazer alguma coisa de concreto para ajudar a população no quesito Cedae. Nada fez. Um prefeito que joga para a plateia. Sempre que é questionado sobre o abandono de nossa cidade jogam uma cortina de fumaça em cima dele. Ele quer sair como bom moço para dizer que é contra a Cedae”, disse Chico Machado.

Já o decreto 031/2019 assinado pelo prefeito Dr. Aluízio suspende a cobrança da tarifa de água na cidade. O sistema já está sob intervenção da secretaria municipal de Infraestrutura. “É um decreto descabido. Falo nesta casa, como deputado eleito, do meu repúdio a mais uma tentativa de enganar a população dizendo que vai resolver o problema de abastecimento de água em Macaé. É uma mentira. Tenho certeza que a Cedae tem compromisso, e que este novo governo irá, apesar de todas as dificuldades, encontrar um meio de ajudar a cidade. Se Macaé for bem, todo o Estado do Rio de Janeiro vai bem, o país vai bem, pois Macaé é a Capital Nacional do Petróleo”, finalizou o seu discurso, Chico Machado.

2 COMENTÁRIOS

  1. Chico Machado,em vez de pegar o microfone da Alerj pra falar do contra.
    Busca alternativas para a nossa Macaé.
    Tão sofrida no passado,seja o nosso representante para avançarmos.Vc tomou um banho nas urnas.

  2. Quem é Chico Machado pra falar mal do prefeito de Macaé? já vi esse filme a anos atrás,pois tínhamos um deputado que em vez de lutar por Macaé ficava batendo boca e prejudicava o nosso município.
    Chico trabalhe em prol de Macaé pois vc só tem a ganhar não se esqueça que vc marretou tanto o prefeito nas eleições e só perdeu,vc fala de mais.
    Sou macaense modesta a parte…..

Comments are closed.