‘Aliados de Welberth’ crescem dentro do Poder Legislativo

884
Welberth Rezende

Pré-candidato a deputado estadual pelo PPS ganha força ao compor base de apoio dentro da Câmara Municipal

Ao herdar a única pré-candidatura à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) liderada pelo PPS, tendo como o principal padrinho o deputado estadual Comte Bittencourt (PPS), pré-candidato a vice-governador na chapa liderada pelo ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), o vereador Welberth Rezende (PPS) ganha também aliados de peso dentro do seu próprio convívio político na Câmara de Vereadores.

Abraçado pelo líder político do seu partido em Macaé, e presidente da Câmara, Dr. Eduardo Cardoso (PPS), Welbertth passa a contar com o apoio de outros sete parlamentares do legislativo macaense, que juntos foram capazes de capitalizar cerca de 15 mil votos na cidade.

A adesão à campanha de Welberth passa a tger um ritmo previsto entre os parlamentares que formam o chamado “grupo dos 12”. Unidos, eles foram capazes de garantir a eleição de Dr. Eduardo para a presidência da Casa no biênio 2017/2018, além de sustentar apoio aos interesses do prefeito dentro do Legislativo.

Agora, os “Aliados de Welberth” somam ainda Márcio Bittencourt (MDB), Alan Mansur (PRB), Cesinha (PROS), além de outros nomes que, em breve, irão declarar oficialmente apoio ao candidato.

Vereador de dois mandatos, Welberth surpreendeu ao ser o vereador mais votado em 2016, somando quase quatro mil votos. Carteiro que virou parlamentar, ele conta com vantagens que poderão superar a candidatura de outro integrante da base aliada do governo, o vereador Julinho do Aeroporto (MDB), atual vice-presidente da Casa.

E essa polarização de candidaturas cria um racha, que poderá ser permanente, dentro da base aliada do prefeito.