Terminal Central fecha para reforma dia 29

0
1023
Linhas serão distribuídas, temporariamente, em pontos de apoio na região central da cidade

Por conta disso, passageiros devem ficar atentos às mudanças nos locais das linhas de ônibus no Centro

Não é de hoje que o jornal O DEBATE vem denunciando o estado precário dos terminais urbanos em Macaé. Um dos mais críticos é o Terminal Central, que teve seu fechamento adiado para o início das obras para o dia 29, e não mais esta quarta-feira (19) como estava previsto. A medida busca ampliar a orientação aos passageiros sobre a operação do sistema de integração que entrará em vigor durante o período de fechamento do terminal, previsto para oito meses. Equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana atuam no terminal esclarecendo as dúvidas dos passageiros.

Por dia, o Terminal Central recebe de 50 a 60 mil pessoas, via integração e, aproximadamente, sete mil pessoas acessam a roleta para início da viagem. No local operam 118 ônibus que atuam em 46 linhas.

Com isso, os passageiros devem ficar atentos às mudanças nos locais de embarque e desembarque dos ônibus. A secretaria de Mobilidade Urbana está adotando uma estratégia operacional com a distribuição das linhas do Sistema Integrado de Transporte (SIT).

Alguns passageiros comentam que, apesar dos transtornos, a medida é necessária, uma vez que a estrutura está bastante precária. “Não sei como vai ficar na prática essa logística. Capaz de impactar no trânsito naquela área da praça, que já é complicado. Com isso pode alterar os horários dos ônibus. Não sabemos nem se a estrutura vai atender a demanda de pessoas, principalmente nos horários de pico. Mas, por outro lado, é uma medida necessária. O terminal está caindo aos pedaços. Quando chove a água molha mais dentro do que fora, está tudo abandonado. Já era para ter feito essa reforma há muito mais tempo. O que importa é que vão fazer agora”, diz Maria Helena, moradora do Lagomar.

Durante as obras, a Praça Veríssimo de Melo terá três pontos de integração das linhas de ônibus. Os dois primeiros ficam localizados na Rua São João. O terceiro, na Rua Doutor João Cupertino, do outro lado da praça. A Rua Tenente Coronel Amado, na Praça Washington Luiz, vai receber o quarto ponto de integração.

A Rua Jandira Perlingeiro será ponto final das linhas A32, A52, C21, T111, T31, T61 e T22. Já a Rua de Santana vai ser ponto final exclusivo das linhas da Serra: S13, S23 e S33. A Rua João Cupertino será ponto final das linhas C11, C31, C41 e T51. Já as linhas A12, A13, A21, A22, A23, A31, A33, A41, A51, A53, A81, A73 e A91 vão operar em regime circular.

Segundo a secretaria de Mobilidade Urbana, as linhas citadas agora como circular eram com ponto final e horários definidos pela saída. Exemplo, o ônibus chegava no terminal às 10h20, com horário de saída às 10h40, iria parar no bolsão e depois retornaria para nova viagem. Agora, no terminal provisório, ele desembarca os passageiros e já embarca para nova viagem.

Todos os horários serão mantidos, podendo ocorrer atrasos devido ao trânsito. A secretaria irá acompanhar a operação para possíveis ajustes. Orçada em R$ 2.021.300,17, a obra irá promover melhorias em toda a extensão do terminal. Será feita a troca do forro, reparo do telhado, reforma dos banheiros e baias, além de revisão e recuperação das instalações elétrica e hidráulica.

Cartão Macaé

A partir do próximo dia 27, o valor da passagem do transporte público municipal em Macaé passará a ser cobrado de maneira integral. Sendo assim, o preço passará para R$ 3,05. Apenas os cidadãos que tiverem o Cartão Macaé vão continuar tendo o direito de pagar R$ 1 para utilizar o serviço no município.

A mudança da data de início da nova tarifa busca atender todos os cadastrados no Programa Macaé Cidadão, uma vez que, somente de posse do cartão o usuário terá o benefício do valor reduzido. A prefeitura ressalta que não será aceito nenhum tipo de documento temporário como o protocolo, já que todos os cartões já estarão disponíveis até a data. O atendimento de retirada é feito na antiga garagem da Macaense, sendo necessária a apresentação de documento com foto e CPF.

Quanto ao cadastramento, ele termina nesta quinta-feira (20) e poderá ser feito apenas na antiga garagem da Macaense, no Centro. O procedimento é feito de forma rápida. Para facilitar, o usuário pode, ainda, fazer um pré-cadastro online no link: cartaomacae.com.br/cadastro, onde todas as informações pessoais são preenchidas. Depois, basta comparecer no local de atendimento para concluir o processo com apresentação dos documentos e fazer a foto.

Para se cadastrar é preciso apresentar original da carteira de identidade e do CPF, cópia e original do comprovante de residência em Macaé, emitido até 90 dias da data do requerimento do cadastramento, em nome do usuário, do cônjuge, do companheiro e de ascendentes ou descendentes até o segundo grau de parentesco, devidamente documentado.

Como comprovante de residência são aceitas contas de água, luz, telefone ou contrato de aluguel. Em caso de não possuir nenhum dos comprovantes dispostos acima, o usuário poderá apresentar declaração de residência, com firma reconhecida em cartório, e cópia do comprovante de residência do declarante.

Para mais informações, basta acessar o site: http://macae.rj.gov.br/mobilidadeurbana.

Confira os horários de atendimento:

Local: antiga garagem da Macaense (próximo ao Corpo de Bombeiros) – Rua Antero Perlingeiro, nº 402 -Centro.
Atendimento para cadastro – das 8h às 20h.
Atendimento para retirada do cartão – Todos os dias (incluindo sábados e domingos) – Das 8h às 20h.