Serra Macaense e Barcelona ficam no empate: 1 a 1

399
Técnico Luiz Felipe lamentou o empate jogando em casa

Verdão perdeu chances e esbarrou em atuação decisiva do goleiro Fernando Cunha, do Barcelona-RJ

No sábado (02), Serra Macaense e Barcelona empataram por 1 a 1 em partida realizada no Estádio Moacyrzão, jogo válido pela terceira rodada da Série B1 do Campeonato Carioca. Rhainer abriu o placar para os mandantes aos 28 minutos do primeiro tempo. Dois minutos depois, Ruan deixou tudo igual.

Com o empate, o Serra Macaense está na terceira colocação do Grupo A com cinco pontos. Já o Barcelona está em quinto lugar com quatro pontos.

O Serra Macaense volta a campo no domingo (10) para encarar o Barra da Tijuca, no Estádio Conselheiro Galvão. No sábado (09), o Barcelona recebe o Artsul na Rua Bariri.

A partida começou com o Serra Macaense tomando a iniciativa. Aos 10min, um cruzamento na área do Barcelona fez a zaga cortar o perigo. Pouco depois, Biel chutou e Fernando Cunha defendeu. Mais pressão dos donos da casa aos 20, quando Yuri cruzou para Rhainer, mas a zaga tirou na última hora.

Tanta pressão do time da casa acabaria resultando em gol aos 28min, quando Paulo Ricardo tomou bola do meio-campo rival e tocou para Rhainer invadir a área e chutar cruzado, fazendo 1 a 0. Foi o terceiro gol do atacante em três jogos, o que faz dele o artilheiro isolado da Segundona até o momento.

Porém, se o que se desenhava era mais uma vitória do Serra no Moacyrzão, o Barcelona tratou de colocar logo a água no chope dos donos da casa. Dois minutos depois do primeiro gol, um cruzamento de Waguinho encontrou a cabeça de Ruan, que estava sozinho no meio da área e empatou o jogo: 1 a 1. O Serra ainda perdeu a chance de desempatar logo após, quando Rhainer fez boa jogada individual e tocou para Yuri, que chutou para outra boa defesa de Fernando Cunha.

No segundo tempo, o jogo caiu bastante em rendimento técnico, ficando mais pegado e, até certo ponto, violento. Chances claras de gol mesmo, só para o Serra. Na primeira, Vico entrou na área e chutou em cima de Fernando Cunha. O Barça se fechava na defesa e jogava nos contragolpes, tentando matar o jogo em uma saída rápida, que não acontecia com eficácia.

Serra Macaense: Otávio; Lecinho (Gabriel Correia), Ronaldo, Aldo e Evandro; João Pedro, Vico, Yuri (Júnior Turque) e Paulo Ricardo; Biel e Rhainer. Técnico: Luiz Felipe Santos.

Barcelona: Fernando Cunha; Rubinho (Matheus), Myckael, Israel e Waguinho; João Paulo, Marlon, Ruan e Pablo; Ronald (William) e Jean. Técnico: Mazolinha.

Cartões amarelos: Lecinho (SMA); Ruan, Pablo, Matheus (BAR)

Árbitro: Wandemberg de Araújo Farias Alves