Serra Macaense anuncia novo reforço para a temporada

0
462
: Atuando pela primeira vez no futebol carioca, o meia diz estar animado com o novo desafio

Meia Diego Torres, que conquistou recentemente o acesso à elite gaúcha com o Esportivo, espera contribuir com o Verdão

Na busca pelo tão sonhado acesso à elite do futebol estadual, o Serra Macaense anunciou essa semana mais um reforço para a disputa da Série B1 do Campeonato Carioca. O meia Diego Torres foi apresentado pelo clube na última terça-feira (4).

Natural do Rio Grande do Sul, o jogador estava em atividade no Esportivo, que conquistou o acesso para a primeira divisão gaúcha no mês passado. Diego também acumula passagens pelo Sport, Figueirense, Mogi Mirim, Cuiabá, entre outros, mas foi no Caxias onde se profissionalizou, alçado da base pelo então treinador Mano Menezes, atual treinador do Cruzeiro.

Essa será a primeira vez que o portoalegrense atuará no futebol do carioca e não esconde o entusiasmo. “Estou bastante motivado para esta nova etapa da minha carreira. O Rio de Janeiro sempre foi um Estado que eu quis abrir portas e quando recebi o convite da diretoria do Serra Macaense, mesmo com outras duas propostas mais próximas de casa, dei vazão ao pensamento de desbravar um novo local. Já me informei sobre a estrutura do Clube, a projeção e onde quer chegar. Quero poder colaborar da melhor forma possível, conhecer logo os novos companheiros e me colocar à disposição do treinador Luiz Felipe. Conquistei um acesso esta temporada já e quero buscar outro”, afirmou em sua apresentação.

Com características de meia ofensivo, Diego Torres também já atuou em outras funções do meio-campo, mais recuado, mas demonstra preferência pelo setor da criação e penúltimo passe. A bola parada também é aliada do gaúcho de 33 anos. Como estava atuando recentemente, o jogador garante que pode fazer sua estreia tão logo tenha liberação do BIRA.

“Meu último jogo foi há quinze dias, mas segui treinando nesses dias que estive em casa, indo à academia, correndo, me cuidando, porque sempre tive esse hábito. Se for da vontade da comissão técnica, tão logo tenha a liberação burocrática, estou pronto para somar no plantel. Como disse, primeiramente preciso conhecer os colegas de grupo, entrosar com eles, respeitando todos que já estão trabalhando no Serra Macaense, porque somente com um grupo fechado a gente consegue alcançar os objetivos”, finalizou.