Remédio

367

Remédio

Pegou mal para o governo assumir, através do portal oficial do governo na internet, a falta de medicamentos importantes na Central de Distribuição Farmacêutica. Se o intuito era informar, a matéria publicada na terça-feira (26) acabou causando indignação e preocupação dos usuários, especialmente os pacientes diabéticos. Agora, é esperar o dia em que o governo anunciará a recomposição do estoque, e garantir a assistência a quem precisa.

Recesso

Ao entrar em recesso na quarta-feira (27), a Câmara de Vereadores encerrou o primeiro período do segundo ano da atual legislatura, com clima tenso dentro dos corredores do Palácio Natálio Salvador Antunes. Enquanto lideranças da oposição tentam conquistar espaços para participar do pleito deste ano, membros da base aliada do governo procuram sustentar acordos que garantem a nomeação de dezenas de cargos. Mas, com gastos acima do limite, há chances de exonerações.

Aeroporto

Em voga por conta do processo de concessão iniciado pelo governo federal, o futuro do Aeroporto de Macaé depende, e muito, de uma intensa mobilização que apresente a base como um trunfo para a empresa que assumirá também o Aeroporto de Vitória. Nesta semana, indicadores de negócios da base apresentaram números bastante expressivos. Apenas com receitas de exploração de áreas comerciais, o Aeroporto pode gerar mais de R$ 1,6 milhão por ano.

Debandada

Do MDB, espera-se uma saída em debandada de integrantes e aliados da gestão municipal. Nesta semana vazou na internet documentos que apontam a desfiliação do prefeito Dr. Aluízio, do partido. Com isso, há de se esperar que radialista e secretários que integraram a direção da comissão provisória da legenda, também solicitem as desvinculação junto ao TRE. Por enquanto, o chefe do Executivo local segue sem partido.

Abandono

Além da ocupação realizada por vendedores ambulantes, o Calçadão da Avenida Rui Barbosa registra um cenário de abandono por conta do acúmulo de lixo descartado por lojas situadas no local. Embalagens e outros produtos descartáveis ocupam espaços que deveriam ser dedicados aos pedestres, em qualquer hora do dia. É preciso que regras sejam estabelecidas para evitar que o coração do setor varejista da cidade permaneça em situação de abandono.

Infraestrutura

Fica registrado mais um pedido à secretaria municipal de Infraestrutura, o de realizar a manutenção de postes situados na extensão da Avenida Evaldo Costa, entre o Visconde e o Riviera. Com os braços de luz não funcionando, pedestres que praticam atividades físicas no período noturno se sentem inseguros. Mesmo com a vigilância da polícia, a manutenção do sistema precisa ser realizada com urgência, para não dar espaço à violência.

Dinheiro

Com os excessos já garantidos pela arrecadação dos royalties do petróleo, o governo pode dar soluções a problemas denunciados pela população, através das redes sociais. Um dos principais casos criticados pelo povo são as péssimas condições de avenidas e ruas principais de bairros e comunidades. A operação Tapa Buracos tem sido realizada em vias do Centro. Porém, é preciso que esse serviço chegue também às áreas da região Norte de Macaé.

Multas

Motoristas que cruzam os principais pontos da área central da cidade voltam a reclamar da chamada “indústria das multas”, aplicadas tanto pelos agentes de trânsito, quanto por sistemas eletrônicos de controle de velocidade. Até mesmo o uso das vagas públicas de estacionamento operadas pelo Rotativo acaba gerando dor de cabeça para os condutores. No ano passado, a prefeitura arrecadou quase R$ 4 milhões apenas com multas.

Mobilização

O movimento “Petros devolva o meu salário” tem ganhado a adesão de mais funcionários da Petrobras, que sentem no bolso os efeitos do aumento da contribuição imposta pelo instituto de previdência da estatal, com objetivo de tapar rombos da corrupção. Todas às quintas os membros da mobilização se reúnem no Clube Cidade do Sol com objetivo de traçar metas para reverter o caso, que já conta com apoio de membros do Congresso Nacional.