Reativação de ecoponto volta a ser solicitada

286
Vereador Maxwell Vaz (SD)

Sistema de coleta de óleo de embarcações está desativado desde 2013

A reativação do ecoponto para a coleta de óleo lubrificante, de embarcações que atuam na pesca artesanal da cidade, voltou a ser cobrada ao governo, durante os trabalhos da Câmara de Vereadores.

O pedido foi assinado pelo vereador Maxwell Vaz (SD), que é relator da Comissão Permanente de Meio Ambiente e Saneamento da Casa. De acordo com o parlamentar, a falta de controle e de fiscalização na coleta deste material coloca em risco a preservação do ecossistema marinho do litoral da cidade.

“Nós estamos ainda na Semana do Meio Ambiente, comemorado no dia 5. Para esse tema reservamos algumas questões muito importante. Sabemos que cada litro de óleo lubrificante contamina 10 mil litros de água. Essa é a grande ameaça do litoral da nossa cidade”, disse.

O parlamentar afirmou que o serviço, implantado durante a sua gestão na secretaria do Ambiente ainda no governo do ex-prefeito Riverton Mussi, foi desativado em 2013, que gera um grande passivo para as políticas públicas de proteção ao meio ambiente.

“Esse material está nas embarcações de pesca e pode impactar diretamente o nosso litoral. Quando fui secretário implantamos o ecoponto, compramos uma bomba de sucção que fazia esse recolhimento, importante para a preservação. Quando houve a troca do governo, esse serviço foi extinto e a bomba sumiu. Desde 2013 não há uma política pública para recolher o óleo das embarcações, que é algo bastante complicado. Fazemos este apelo à secretaria, para que reative o serviço”, cobrou o parlamentar.