Projeto ‘Ajudar é Preciso’ leva alimentos às famílias carentes

0
1016

O projeto intensifica suas atividades com a proposta de levar cestas básicas às famílias de periferias

Em tempos de profundas incertezas frente a ameaça de contágio do coronavírus, e trazendo consequentemente a crise econômica para algumas camadas da sociedade, entra em cena, em Macaé, um grupo de solidariedade. Trata-se do projeto ‘Ajudar é Preciso’, sob a liderança do empresário João Lemos, que montou uma grande rede de empatia para ajudar as pessoas a enfrentar o isolamento social e a crise financeira.

Neste sentido, o projeto monta cestas básicas e entrega às famílias carentes das comunidades macaenses. Agora, o empresário busca parceiros para continuar beneficiando famílias inteiras que, neste momento, não possuem o básico para manter o isolameto social de combate à pandemia.

“Sua doação, junto com as de outras pessoas, fará toda diferença nessa luta, que é de todos nós”, frisou João Lemos acrescentando que quem quiser fazer parte desta corrente do bem pode entrar em contato com o grupo, através dos telefones (022) 99884-9184 (João Lemos); (022) 99927-6094 (Ana Carla Pizzo). Outras informações: https://ajudarepreciso.com.

“Por atuar na área social há mais de 10 anos, sempre tento ajudar quem precisa e esse momento não foi diferente. Começamos a receber pedidos e tivemos que nos mobilizar. Daí surgiu a ideia do site, pois as pessoas estavam com dificuldade de ir até o ponto de apoio entregar as doações, por conta da pandemia”, contou ele.

O empresário esclareceu ainda que já distribuiu cestas básicas nos bairros Lagomar, Parque Aeroporto, Fronteira, Ilha Leocádia, Aroeira, Águas Maravilhosas, Imboassica e Nova Esperança, onde dezenas de famílias foram atendidas. “Não importa o tamanho da doação, o importante é que todos se unam para atender quem não tem nada nesse momento”, disse João Lemos.