Potencial de produção rural de Macaé sofre com descaso

530
Vereador Luiz Fernando destaca empenho da prefeitura de Quissamã em realizar Exposição

Vereador Luiz Fernando afirma que governo negligencia atividades da agricultura e da pecuária

Ao fazer um comparativo com o evento realizado no final de semana passado pela prefeitura de Quissamã, o vereador Luiz Fernando (PTC), membro da Frente Parlamentar Macaé Melhor, considerou como negligência a falta de incentivos não prestados pela administração municipal para fomentar a produção rural do município.

Além de ressaltar a diferença discrepante entre o potencial orçamentário das duas cidades, Luiz Fernando citou como exemplo a dedicação da prefeitura de Quissamã de fomentar leilão de gado, exposição de animais e networking entre produtores de grãos que participaram da Exposição do município, um momento ceifado pela prefeitura de Macaé para os produtores rurais do município. “Macaé tem um potencial agropecuário de mais de 86 mil cabeças de gado. Somos a cidade com maior produção de feijão. Imaginem, com toda a vocação da agricultura e da pecuária, a prefeitura não faz uma exposição. Diferente do que Quissamã fez. Mesmo com menos recurso, fez um evento com competência e dedicação, gerando renda e empregos temporários para as pessoas”, disse.

Luiz Fernando cobrou do governo respostas sobre o sucateamento da secretaria municipal de Agroeconomia, que impede o acesso dos produtores rurais ao suporte que deveria ser prestado pela administração municipal. “Eu observei que Quissamã possui um grande equipamento agrícola. Lá as máquinas trabalham para o produtor rural, que ganham sementes e ajudam a renovar a produção. Em Macaé, nada funciona. Eu queria saber onde está o dinheiro da prefeitura”, questionou o vereador.