PF investiga líderes de facção do crime organizado e de liderança que pretendiam se aliarem a outras organizações para tomarem o território - Arquivo

Criminosos ligados ao tráfico de drogas planejam expandir ações no estado do Rio e se aliarem a outras organizações

Mais de 20 pessoas foram presas na Operação ‘Expurgo’ da Polícia Federal (PF), que investiga líderes de facção do crime organizado e de liderança, que atuam em todo o país.

Segundo a PF, os integrantes planejavam expandir as ações no estado do Rio e para alcançar o objetivo, pretendiam até mesmo se aliarem a outras organizações para tomarem o território.

Os criminosos eram organizados e seguiam um cronograma de atividades, que até mesmo dentro das prisões conseguiam administrar as ações.

Ao todo, 27 mandados foram cumpridos e 10 de busca e apreensão no Rio e outros cinco estados. Até o momento, ninguém foi preso em Macaé.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.