Ordem Pública vai analisar imagens após suposta agressão do guarda contra jovem (Vídeo)

0
2295
odebateon
Candidato para concorrer à vaga de emprego é arrastado pelos agentes da Gaop, após questionar falta de informação no site da prefeitura - Eu, leitor, o repórter 

Candidato que prestava inscrição para processo seletivo do CCZ foi vítima de truculência por um agente, na tarde de quarta-feira (10), no Centro de Convenções

Após um vídeo viralizar nas redes sociais, onde um agente da Guarda Municipal age de forma truculenta contra um jovem, na tarde de última quarta-feira (10), a assessoria de comunicação da Prefeitura de Macaé informou que o comando geral da secretaria de Ordem Pública do município, está ouvindo e analisando as imagens do local para então tomar medidas cabíveis.

A ação e reação de um dos agentes da Guarda Municipal chamou atenção dos candidatos que estavam dentro do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, no bairro São José do Barreto, realizando as inscrições para o processo seletivo para o Centro de Controle Zoonoses (CCZ).

Veja o vídeo

Segundo testemunhas, o rapaz de camisa de cor preta, teria chegado ao local alegando que devido a um erro de informação da prefeitura, ele teria ido para o primeiro local da inscrição divulgado, que no caso seria a Cidade Universitária. Ele comentou que teria anotado o local anterior divulgado e não teria olhado no site da prefeitura a correção do endereço.

Ele disse que saiu de casa e chegou na Cidade Universitária às 4h da manhã, onde permaneceu na fila até o início das atividades do local às 9h, quando informado que durante à noite, a prefeitura teria alterado o local da inscrição para o Centro de Convenções.

Como ele já havia saído de casa, acabou não observando a mudança. Após sair da Cidade Universitária, o homem foi até o Centro de Convenções, e lá teria questionado aos responsáveis o motivo da falta de divulgação adequada sobre a mudança do local da inscrição.

Após alguns minutos de questionamentos, os funcionários da prefeitura se sentiram incomodados e acionaram os agentes da Guarda Ambiental, que estavam no momento auxiliando no local, que solicitaram que o homem se retirasse do local, porém o mesmo alegou que não iria sair enquanto não fosse concluído o seu cadastro, tendo em vista que ele já estaria lá desde às 4h da manhã para se inscrever pois precisava muito do emprego.

Foi quando agentes o dominaram com uma ‘gravata’, e com violência o retiraram do espaço arrastando pelo chão. Uma mulher que filmava foi coagida a acompanhar os agentes até a 123ª DP de Macaé.

Nas redes sociais muitos questionavam e repudiavam a ação do agente e a população fica preocupada para quando esses profissionais atuarem armados nas ruas.