Mudanças no sistema de transporte público passam a valer no dia 29

0
595
O coordenador de transportes da Secretaria de Mobilidade Urbana, Sávio Barcelos, informou que os pontos de integração da Praça Veríssimo de Melo terão corredor exclusivo para ônibus

Com interdição temporária do Terminal Central para obras, linhas estão sendo distribuídas em pontos de integração

 

A partir do dia 29, o Terminal Central será fechado para reformas. Na manhã dessa quinta-feira (20), o prefeito, Dr. Aluízio, explicou como será a logística durante o período de obras, que tem previsão de durar um ano.

Para que as melhorias sejam feitas, os 118 ônibus das 51 linhas que operam no local estão sendo remanejados para os quatro pontos de integração criados e distribuídos na Região Central da cidade. “Essa é uma obra que irá impactar cerca de 50 mil passageiros que passam pelo terminal diariamente. Estamos implementando um mecanismo para gerar o menor impacto e transtorno possível. Não há plano B, tem que ser feita a reforma. Não será um processo rápido e a cidade precisa estar bem preparada para isso. Essa obra deve durar um ano e temos que dar à população toda a ferramenta para que ela possa se locomover”, diz Dr. Aluízio ressaltando que está sendo criado um corredor exclusivo para os ônibus na Praça Veríssimo de Melo.

Segundo o coordenador de Transporte da secretaria de Mobilidade Urbana, Sávio, todos os PDIs serão integrados. “Estaremos oferecendo todo o suporte necessário para os passageiros que queiram fazer a baldeação para outras linhas”, explica.

Com a mudança temporária, os passageiros devem ficar atentos às mudanças nos locais de embarque e desembarque dos ônibus. A secretaria de Mobilidade Urbana está adotando uma estratégia operacional com a distribuição das linhas do Sistema Integrado de Transporte (SIT).

O impacto é grande, mas não vai comprometer todo o sistema, pois um pouco mais da metade das linhas passa pelo terminal. Tivemos todo o cuidado para não ferir o conceito de integração”, destaca

Carlos Rocha, da SIT, informa que os passageiros serão orientados no local. “Em cada estação terá funcionários com roupa laranja (com a escrita “apoio”) para tirar dúvidas e também placas sinalizando as linhas”, completa.

Orçada em R$ 2.021.300,17, a obra irá promover melhorias em toda a extensão do terminal. Será feita a troca do forro, reparo do telhado, reforma dos banheiros e baias, além de revisão e recuperação das instalações elétrica e hidráulica.

Como serão distribuídas as linhas

Durante as obras, a Praça Veríssimo de Melo terá três pontos de integração das linhas de ônibus. Os dois primeiros ficam localizados na Rua São João. O terceiro, na Rua Doutor João Cupertino, do outro lado da praça. A Rua Tenente Coronel Amado, na Praça Washington Luiz, vai receber o quarto ponto de integração.

A Rua Jandira Perlingeiro será ponto final das linhas A32, A52, C21, T111, T31, T61 e T22. Já a Rua de Santana vai ser ponto final exclusivo das linhas da Serra: S13, S23 e S33. A Rua João Cupertino será ponto final das linhas C11, C31, C41 e T51.

Já as linhas A12, A13, A21, A22, A23, A31, A33, A41, A51, A53, A81, A73 e A91 vão operar em regime circular. Segundo a secretaria de Mobilidade Urbana, essas linhas eram com ponto final e horários definidos pela saída, no Terminal Central. Agora os horários serão regulados de acordo com as saídas nos bairros. Os coletivos irão parar nos terminais provisórios apenas para embarque e desembarque.

A prefeitura ressalta que o ônibus do Transporte Social Universitário (TSU) não sofrerá alterações e será mantido no mesmo local e horário. Todos os horários serão mantidos, podendo ocorrer atrasos devido ao trânsito. A secretaria irá acompanhar a operação para possíveis ajustes.