Moradores espalham cartazes com alerta de assaltos

955
Cartaz “Atenção, área de assalto. Faça o Boletim on line”, população pede ajuda à Polícia Militar

Para tentar inibir a ação dos criminosos, populares espalharam dezenas de comunicados nos postes de iluminação sobre crimes constantes

Cansados da constante violência no bairro Cavaleiros, principalmente no ponto de ônibus próximo a empresa de telecomunicação Brasil Center, moradores colocaram cartazes para chamar a atenção de frequentadores e de autoridades para o problema. Na tarde de última terça-feira (29), foram colados diversos cartazes em postes nas proximidades com avisos como “Atenção, área de assalto. Faça o Boletim on line”.

Segundo informações de funcionários que trabalham na empresa de telecomunicação Brasil Center, os assaltos a transeuntes são constantes na ciclovia, e principalmente nos pontos de ônibus durante o dia ou à noite. “Com a proximidade do inverno o número de assalto no local aumenta bastante, já que a via fica deserta e com pouco efetivo de policiamento na área. É justamente nesse período que a onda de assalto cresce e a maioria das vítimas são os funcionários da empresa de telecomunicação, que sai do trabalho e atravessa a ciclovia para o ponto de ônibus”, explicou uma das funcionárias da empresa.

O aposentado Franco Trotta, morador do bairro há 30 anos, reclama dos constantes assaltos. “ É quase impossível um morador daqui não conhecer uma história de assalto na extensão da ciclovia que liga até o Bairro da Glória. Ocorrem desde pequenos roubos de celular, bolsas, dinheiro, sem contar os estabelecimentos que são assaltados que ficam localizados em frente a ciclovia”, relatou o aposentado.

De acordo com o ISP, o roubo de celular aumentou disparadamente. Em toda a cidade, foram: 45 roubos no mês passado, 18 casos em março, mas o roubo a pedestres passou de 65 no mês de março para 103 casos no mês passado.

Os números do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram o motivo do medo de quem mora no bairro, de acordo com os registros feitos na 123ª Delegacia de Polícia de Macaé, somente na semana passada, ao todo 8 vítimas registraram roubo de aparelhos celulares no ponto de ônibus em frente a empresa de telecomunicação.

O 32° Batalhão de Polícia de Macaé informou que em breve uma ação será montada na região para coibir roubos, assaltos a residência e furtos.