Mobilização cobrará do governo novo projeto do “Bolsa Atleta”

320
Vereador Marvel Maillet

Ato está sendo convocado pelo vereador Marvel Maillet e deve ocorrer nesta quinta-feira

Sem resposta sobre o andamento da proposta de atualização das regras para concessão do Bolsa Atleta, o vereador Marvel Maillet (REDE) convoca esportistas da cidade a participar de ato público, marcado para esta quinta-feira (21), às 12h, em frente a sede administrativa da prefeitura, na Avenida Presidente Sodré, no Centro.

A mobilização visa garantir a publicação do edital de seleção dos atletas que serão beneficiados com o incentivo à participação em campeonatos regionais, nacionais e internacionais. De acordo com a modalidade e o nível técnico, o competidor pode receber bolsa que varia entre R$ 300 e R$ 3 mil.

Marvel trava uma campanha na defesa de liberação do edital que, de acordo com ele, garantiria a sobrevivência de atletas da cidade, em campeonatos importantes do país.

“O benefício está previsto em lei municipal que precisa ser cumprida. Acreditamos que a atualização das regras é importante, mas isso precisa ser feito com os atletas, maiores interessados no programa. Enquanto ocorre essa demora, defendemos que o novo edital de seleção seja lançado, para que os atletas possam ter acesso ao apoio”, disse o vereador.

No início do mês, a secretaria municipal de Esportes publicou portaria convocando os atletas que receberam o benefício no ano passado a prestar contas. Segundo a bancada de governo na Câmara, esse procedimento precisa ser feito antes da liberação do novo edital.

“Por que esta convocação não foi feita no início do ano? A lei prevê a concessão de bolsas por seis meses. Já estamos no final de junho e os atletas sairão perdendo se o edital não for lançado”, apontou o parlamentar.

A mobilização defenderá também que uma comissão seja criada pelo governo, com a participação da Câmara de Vereadores e dos atletas, para a elaboração do novo projeto de lei que definirá regras, mais atualizadas e específicas, para a concessão da bolsa.

“Se isso não ocorrer, corre-se o risco do governo preparar uma lei que não seja funcional às demandas dos atletas que dependem deste auxílio para seguir brilhando no esporte, em defesa do nome da cidade”, disse Marvel.