Moacyrzão é liberado e Serra Macaense jogará em casa 

    789
    Estádio recebeu a liberação após prefeitura atender as exigências do Corpo de Bombeiros

    Partida contra o Duque de Caxias pela Taça Corcovado será neste sábado, às 15h

    Após ser interditado por conta de algumas pendências, o Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo volta a ser liberado de forma integral. Essa semana, o Corpo de Bombeiros emitiu o Laudo de Prevenção e Combate a Incêndio, documento que faltava para que os torcedores pudessem voltar a frequentar o local.
    E nesse sábado (4), às 15h, o Moacyrzão já vai receber o jogo entre o Serra Macaense e o Duque da Caxias, valendo pela quinta rodada da Taça Corcovado, segundo turno do Campeonato Carioca – Série B1.
    A notícia foi comemorada pelo presidente do Serra Macaense, Rodrigo dos Santos. “É difícil explicar a importância do Moacyrzão, como ele pode fazer a diferença para nós. Essa conquista para esse jogo tão importante para o Serra, nesse sábado, é fundamental para o nosso projeto. Todos nós sabemos que temos um time muito técnico e ele precisa de um bom campo, onde possibilite a equipe apresentar o seu melhor futebol. Graças a Deus estamos com o Moacyrzão de volta e isso vai nos dar mais força para conquistar essa vitória em cima do Duque de Caxias”, disse.
    Segundo a secretária de Esportes, Andreia Freitas, o torcedor ficará mais aliviado por saber que os jogos da Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) poderão ser realizados em Macaé. “A Corporação fez a expedição do documento que autoriza jogos de grandes times nacionais, uma vez que o Moacyrzão atende as questões referentes à segurança”, afirma ela. “Nos últimos dias, os trabalhos para conseguir satisfazer as demandas da Corporação, obtendo todos os laudos, foram árduos. Agimos dentro do tempo certo, conforme o ‘check list’ dos Bombeiros. O torcedor terá ainda mais segurança e comodidade”, completou.

    Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo

    Inaugurado no dia primeiro de maio de 1982, o estádio passou por reforma em 2008 para reformulação estrutural e modernização das instalações. A partir do dia 5 de agosto de 2010 passou a receber os times de referência do Rio de Janeiro (Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo). Ele está de acordo com os padrões recomendados pela Ferj, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, a fim de garantir a segurança dos torcedores.
    O estádio foi erguido em estrutura metálica e tem sua construção baseada em três plataformas compostas por arquibancadas, devidamente arranjadas em degraus, possibilitando acomodar 12 mil pessoas. O campo de gramado natural possui dimensões oficiais de 105m x 68m, com sistema de drenagem instalado em toda a sua extensão.