Macaé tem 39 escolas inscritas na Olimpíada Brasileira de Matemática

0
709
Pelo segundo ano, a competição terá a participação de alunos da rede publica e particular

As provas da primeira fase serão aplicadas no dia 5 de junho

Falta pouco para a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). De acordo com informações da comissão organizadora, em Macaé há 39 escolas inscritas, sendo que seis delas são particulares. Os alunos são do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Já entre as escolas particulares, estão a Escola Canadense, a Radan e a Aprovado. Entre as públicas estão o Instituto Federal Fluminense (IFF) – Campus Macaé, CIEP Brizolão 393 Aroeira, CE Prof. Vanilde Natalino Mattos, EM Prof Samuel Brus, CE Luiz Reid, EE Visconde de Araújo, CM Professora Maria Isabel Damasceno Simão e CEJA Othon Barroso de Carvalho.

Recentemente a Secretaria Estadual de Educação (Seeduc) divulgou um material de apoio para que os professores possam trabalhar em sala de aula os conteúdos exigidos na 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). O material está disponível no site http://www.rj.gov.br/web/seeduc.

A OBMEP destina-se a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3ºano do Ensino Médio (desde 2017 para rede pública e privada), é considerada umas das maiores na área científica do Brasil. Ela é promovida pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Segundo a comissão organizadora, ela é promovida com recursos oriundos do contrato de gestão firmado pelo IMPA com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e com o Ministério da Educação (MEC).

A competição será realizada em duas etapas, sendo a primeira Fase: aplicação de prova objetiva (múltipla escolha) a todos os alunos inscritos pelas escolas e a segunda Fase: aplicação de prova discursiva aos alunos selecionados pelas escolas para a Segunda Fase, segundo os critérios de classificação descritos no item 8 deste Regulamento.

As provas serão aplicadas nos dias 5 de junho (1ª fase) e 15 de setembro (2ª fase). A divulgação dos vencedores acontece no dia 21 de novembro deste ano.

Vale lembrar que, ao longo de suas edições, a OBMEP já ofereceu a mais de 40 mil alunos a oportunidade de estudar Matemática por 1 ano, com bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e mais de 2200 alunos participaram do programa como ouvintes e vem contribuindo para estimular o estudo da Matemática no Brasil, identificar jovens talentosos – incentivando seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas.

Esta semana o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) anunciou os vencedores da OBMEP 2017. Segundo as informações, pela primeira vez a maior competição estudantil do país contou com participantes de 4.473 colégios particulares e manteve o número de medalhas a alunos de escolas públicas das edições anteriores: 500 medalhas de ouro, 1.500 de prata e 4.506 de bronze – em decorrência de empate – e 38,6 mil menções honrosas. Os alunos de escolas particulares receberão 76 medalhas de ouro, 227 de prata, 682 de bronze e 5,7 mil menções honrosas.

Além disso, a 13ª edição da OBMEP bateu novo recorde de escolas (53.231), de 99,6% dos municípios brasileiros. Dos 18,2 milhões de estudantes inscritos, 941 mil foram classificados para a segunda fase da competição – 903 mil de escolas públicas e 38 mil de particulares.