Macaco, espécie 'Buggio', aparece brincando na areia da Lagoa de Imboassica, em Macaé - Eu, leitor, o repórter

O animal foi flagrado na tarde de quarta-feira (29), na Lagoa de Imboassica

Na tarde da última quarta-feira (29), agentes da Guarda Ambiental flagraram um macaco, espécie ‘Buggio’, na areia da praia da Lagoa de Imboassica, em Macaé.

A cena chamou atenção de quem estava no local, já que o animal demonstrava felicidade e pulava de um lado para o outro. A Guarda Ambiental foi informada e disse que acompanha o Buggio para tentar capturá-lo e ver as condições de saúde do animal.

Caso esteja saudável, o macaco será solto no seu habitat, que segundo o órgão, o aparecimento de animais silvestres na zona urbana se deve a construção de empreendimentos próximos no entorno das restingas.

Ainda segundo a Guarda Ambiental, o macaco fugiu para a Restinga das Pedrinhas, localizada na área de mata entre divisa das cidades de Macaé e Rio das Ostras.

De acordo com a Guarda Ambiental, essa espécie é comum na região e a recomendação é que a população não ofereça nenhum tipo de alimento ou tente capturar o animal.

Júlio Leitão, é gestor ambiental e alerta que a aproximação dos macacos também oferece perigos, tanto para os animais quanto para a população. Segundo ele, esses riscos podem estar associados a acidentes de trânsito e à saúde. Na área fora de mata, os animais ficariam expostos a substâncias tóxicas.

“Coisas que nós, humanos, sabemos que não podemos ingerir ou mesmo venenos para ratos, eles podem confundir com alimento”, comenta. Além disso, os macacos também podem se sentir ameaçados e morder humanos, ou ainda transmitir doenças.

3 COMENTÁRIOS

  1. Esta espécie de animal é nativo da mata atlântica. Provavelmente algum ignorante tinha o macaco em casa que fugiu. Deve ser encontrado o energúmeno.

Comments are closed.