Encontro discute identidade do pedagogo e coloca Quissamã como referência

0
502

Quissamã está sendo considerado município referência na questão da busca da identidade do profissional de pedagogia, dentro do quadro das secretarias de Educação da região. E isso ficou em evidência no Encontro Regional de Pedagogos: Identidade e Natureza Docente dos Professores Especialistas, que aconteceu na última segunda-feira (24) na Universidade Estácio de Sá, organizado pela Prefeitura de Campos dos Goytacazes.

O evento teve como objetivo proporcionar diálogo e reflexão entre os profissionais da categoria, sua prática, sua história e seu importante papel no contexto educacional e, ainda, foram discutidas as legislações que amparam o pedagogo. A palestrante Patrícia Lima, de São Pedro da Aldeia, apresentou uma nota técnica de sua autoria, que traz a apresentação do pedagogo como docente, possibilitando assim benefícios importantes para essa categoria, como aposentadoria especial e acúmulo lícito.

A coordenadora de Gestão Pedagógica da secretaria de Educação de Quissamã, Helena Lima, compôs a mesa e participou da discussão apresentando as práticas do município na busca dessa identidade do pedagogo, relatando a experiência de diálogo com os profissionais, que resultou na Lei 1757, de 21 de agosto deste ano, onde foi alterada a nomenclatura e carga horária do pedagogo. E, com isso, os municípios têm buscado, em Quissamã, entender quais foram os passos para que essa ação fosse viabilizada.

“A participação nessas discussões, em âmbito regional, confirma mais uma vez que estamos no caminho certo, buscando fortalecer essa categoria que é tão importante para a Educação, uma vez que não se faz escola sem as ações atitudinais, procedimentais e organizacionais. Essas ações são conduzidas pelos nossos professores orientadores pedagógicos, professores orientadores educacionais e pelos professores supervisores. Certamente, a secretaria de Educação de Quissamã se orgulha de servir de referência para os demais municípios”, afirmou Helena.

Participaram ainda do encontro representantes de Campos dos Goytacazes, São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, Santo Antônio de Pádua, São Fidélis, da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) e do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase).