Emoção marca solenidade dos 10 anos de unidade da Firjan/Senai

0
1085

Assistida por dezenas de alunos e convidados, contando com a presença de ex-alunos e professores do extinto Senai de Macaé, e participação de membros da Comissão Municipal e dirigentes da instituição, a Firjan comemorou na tarde de quarta-feira (28) os 10 anos de inauguração do prédio do SENAI, em Macaé. O local já formou neste período quase 30 mil profissionais diversos, integrados ao mercado de trabalho da cidade e região.

O evento foi dominado pela emoção ao serem lembradas e homenageadas várias pessoas que, quebrando o protocolo, registraram momentos históricos desde o extinto Senai de Macaé.

Ao abrir a solenidade, o gerente regional da Firjan, Fernando Aguiar, anunciado pela Mestre de Cerimônia Lueny Costa, lembrou a história do Senai, que em Campos completou 70 anos e a unidade Macaé completou 10 anos na nova sede edificado no bairro Novo Botafogo, próximo à Linha Azul.

Cliton Silva Santos, eloquente nas suas palavras após ser convidado pela gerente Firjan/SESI/Senai, Ana Cristina Mota de Sá, homenageou ex-professores e antigos alunos do extinto Senai de Macaé, Hildemar (Mazinho) Brandão, Lauro Martins, Denildo Ribeiro e Jorge Macedo, que também ficaram emocionados.

Foi Cliton Silva Santos que entregou a Wander Carvalho Amaral, representando seu pai Arley Amaral de Carvalho, um troféu de reconhecimento pela doação do terreno de 5 mil m², onde o prédio foi construído.

Coube a Francisco Agostinho, decano e fundador da Comissão Municipal de Macaé da Firjan, também homenageado, agradecer todos os que, de uma ou outra maneira, contribuíram para que o renascimento do Senai na cidade fosse possível.

Na ocasião foi anunciado, ainda, a implantação da Fab Lab, a entrada do Senai na era 4.0, que começa a funcionar em janeiro do próximo ano.

Após as homenagens, houve exposição de fotos e informações históricas e servido coquetel aos presentes.