“Nós ainda precisamos avançar muito e essa pauta da família, essa pauta dos valores, é uma coisa muito atrasada”, disse.

O ex-presidiário Lula atacou a família e defendeu o aborto nesta terça-feira (5) em um debate promovido pela Fundação Perseu Abramo e a Fundação Friedrich Ebert, entidade alemã ligada a causas ambientais.

O petista deixou claro que vai partir para cima das pautas da família caso seja eleito Presidente da República em outubro. “Nós ainda precisamos avançar muito e essa pauta da família, essa pauta dos valores, é uma coisa muito atrasada”, disse. 

Lula defendeu a descriminalização do aborto e banalizou o assassinato de crianças no ventre. “Eu não quero ter um filho, eu vou cuidar de não ter meu filho”, disse, defendendo ainda que o aborto não deveria ser proibido no Brasil.

Por Portal Novo Norte

1 COMENTÁRIO

  1. Antes de mais nada, Lula foi o melhor presidentedo Brasil, talvez perdendo para Getúlio Vargas. O resto é conversa para boi dormir e religião se metendo nas leis do pais.

Comments are closed.