Do tamanho de um pendrive: conheça o menor celular do mundo

735

A tendência do mundo mobile hoje são smartphones grandes, de telas com poucas bordas em volta e capacidades computacionais incríveis. Mas nada disso impede o Zanko Tiny T1 de existir. Este é o menor celular do mundo segundo a fabricante, sendo menor que o seu polegar e basicamente do tamanho de um pendrive.

Por conta de seu tamanho reduzido, ele só é capaz de fazer/receber chamadas e trocar SMS através da rede 2G. Nada de acessar a internet ou usar ferramentas mais modernas por aqui. Em contrapartida, ele tem um minúsculo display OLED com resolução de apenas 64×32 pixels.

O Tiny T1 parece um brinquedo, mas ele funciona de verdade. De acordo com a fabricante, ele consegue ficar até três dias ligado com uma carga ou realizar 180 minutos de ligação. O modelo tem espaço para um chip de operadora do tamanho nano SIM, uma porta micro USB para carregamento e uma memória reduzida. É possível salvar até 300 contatos e registrar as últimas 50 chamadas realizadas e recebidas, bem como os 50 últimos “torpedos”.

Esse aparelho está em financiamento coletivo no Kickstarter, tendo ainda mais de 20 dias para arrecadar dinheiro. Contudo, a campanha — que precisava de US$ 33 mil — já está chegando aos US$ 90 mil, quase três vezes o objetivo original.

A versão mais barata do Tiny T1 sai por 35 libras esterlinas, o equivalente a R$ 155 na cotação de hoje desconsiderando eventuais impostos. Trata-se de um celular bem barato e, que, claramente não foi feito para concorrer com os smartphones atuais. Em vez disso, a fabricante afirma que se trata de uma espécie de celular reserva para você manter no carro, na bolsa ou levar consigo quando não tiver como carregar um aparelho maior.