Diminuição de assassinatos e mais roubo a comércio e pedestres, aponta ISP

0
341

Dados divulgados do mês de agosto deste ano revelam queda de letalidade violenta em 60%, em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo Instituto de Segurança Pública

 

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP-RJ) divulgados ontem (17) revelam diminuição no número de homicídio e aumento de roubo a estabelecimento comercial e assaltos a pedestres, no mês de agosto, na Capital Nacional do Petróleo, quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

Em agosto deste ano, foram registrados três assassinatos na região de Macaé. Esse número indica uma queda de 60% em relação ao mesmo mês de 2017, que registrou 9 letalidades violentas.

Para o 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a queda de homicídio na região se deve ao número de operações policiais realizadas nos bairros e em comunidades, com finalidade de apreender armas, drogas, busca e apreensão.

Se compararmos os dados dos primeiros oito meses deste ano, o ISP aponta que até o momento o mês de agosto teve resultados satisfatório em todos os quesitos no que tange a violência urbana.

O número de roubo de veículo também diminuiu no município, que segundo dados do ISP, foram registrados 19 assaltos contra motoristas. No mesmo período do ano passado, a 123ª Delegacia de Polícia de Macaé registrou 23 roubos.

Quanto aos crimes de roubo a estabelecimento comercial e transeunte, autoridades ainda se preocupam em combater essa prática que não para de crescer no município.

Dados do ISP revela que no mês de agosto foram registrados nove assaltos a estabelecimentos comerciais em Macaé, com a maioria dos criminosos assaltando à luz do dia, portando armamento pesado.

Em agosto do ano passado, foram registrados sete ocorrências de roubos a comércios macaenses, que segundo o ISP, o aumento foi de 22% de um ano para o outro. Em comparação ao mês de julho e agosto deste ano, o mês passado também registrou o maior índice de assaltos a comerciantes. Dados da 123ª DP apontam que seis lojas comerciais sofreram assaltos à luz do dia, um aumento de 13% de um mês para o outro.

O roubo a transeunte também teve crescente aumento no gráfico do ISP. No mês passado foram registrados 79 roubos de rua, contra 75 no mesmo período do ano passado, um aumento de 9%. Já o mês julho deste ano, foram registrados 47 assaltos contra pedestres, um aumento de 49% de um mês para o outro.