Diálogo

411

Cristiano Gelinho (PTC), recém-empossado vereador suplente na Câmara, aguarda um contato do governo para ter a tão esperada conversa com o prefeito. Em seu discurso de posse, o parlamentar já anunciou que pretende dialogar com o Executivo. No momento de mudanças significativas no cenário político da cidade, o seu voto terá peso para o governo. Se ele tiver habilidade para esperar o momento certo, vai conseguir chegar lá.

Apoio

Welberth Rezende (PPS) começa a sua campanha rumo a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) contando com o apoio de, pelo menos, cinco parlamentares: Guto Garcia (MDB), Cesinha (PROS), o próprio presidente do Câmara, Dr. Eduardo (PPS), Márcio Bittencourt (MDB) e o suplente Luciano Diniz (MDB). Com o crescimento da campanha, outros parlamentares devem agregar o movimento. Resta saber como o governo vai encarar esse projeto.

Registro

Chico Machado (PSD) é o primeiro pré-candidato de Macaé às eleições gerais deste ano, que já aparece no sistema DivulgaCand do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já com a abertura dos primeiros trâmites burocráticos, Chico já registrou junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o seu pedido de candidatura. Pela segunda vez, o ex-vereador, que concorreu às eleições de 2016 ao posto de prefeito de Macaé, tentará vaga na Alerj.

Espaço

Já o líder do governo no Legislativo, Julinho do Aeroporto (MDB) parece não ter sentido o peso de disputar uma vaga de deputado estadual contra Welberth Rezende (PPS). Para toda a classe política, Julinho afirma que vai manter a proposta de participar das eleições gerais deste ano. No peito e na raça, ele vai tentar agregar ao seu projeto, obras realizadas pelo governo em áreas que integram o seu “curral eleitoral”. A briga vai ser boa!

Aeroporto

Emissários das empresas Zurik, Fraport e Galeão já visitaram o Aeroporto de Macaé com o objetivo de avaliar as condições de participação do processo de concessão da base, que será realizado pelo governo federal ainda neste ano. E, na visão das empresas, a base macaense possui um grande potencial de crescimento, especialmente através da exploração de áreas comerciais. Porém, o maior gargalo é a necessidade de construção de uma nova pista.

Festival

Começa hoje (9) o 9ª Festival de Cultura e Gastronomia de Macaé, que movimenta até o domingo (12) a orla da Praia dos Cavaleiros. Com cerca de 20 restaurantes participantes, o evento ajuda a destacar o potencial de bares e restaurantes que integram o Polo Gastronômico, um dos incentivadores do principal evento do calendário oficial da cidade. Quem curte boa comida, boa bebida e boa música, a festa é uma grande pedida.

Vendas

Com a liberação de fundos do PIS/PASEP, o comércio local aposta nas vendas pelos Dia dos Pais. Com o dinheiro extra, que pode ser sacado na Caixa Econômica, muita gente vai tentar quitar contas, mas sem deixar de comprar uma lembrancinha para o “herói”. Mesmo com a crise, as pessoas não deixam de seguir a tradição que é passada de geração para geração. Aos poucos, a cidade vai conseguir se recuperar.

Política

Ontem (8), o Calçadão da Avenida Rui Barbosa voltou a respirar as discussões políticas da cidade. Seja pela comoção gerada pelo falecimento de Zé Mengão, seja pelas surpresas registradas pela pré-disputa eleitoral, o clima era de euforia, relembrando um passado bastante áureo da Princesinha do Atlântico. E isso é positivo, já que nos últimos anos, Macaé perdeu a vontade e o espírito social/político, diante da formação de uma ditadura no governo.

Proteção

Na beira-mar da Praia Campista, uma organização não governamental tenta salvar o habitar natural das corujas buraqueiras, que já se transformaram em um atrativo turístico da cidade. A poucos metros do local, crianças brincam com linhas de cerol e pipas, materiais que podem causar danos às aves. Sem que haja qualquer atenção do poder público, a situação conta com a atenção do moradores da área, que lutam pela preservação da espécie.