Caravana contra a redução do Repetro é proposta em plenário

312
Líder da Frente Parlamentar critica a anulação das Emendas Impositivas no plenário da Câmara

Comissão formada na Câmara quer ocupar entrada da Assembleia Legislativa

A ocupação da entrada da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), como forma de protesto contra o que é considerado como a “extrema unção” da economia do Estado do Rio de Janeiro, foi proposta ontem (17) pelo vereador Maxwell Vaz (SD), que lidera a comissão do parlamento que defende a formatação integral do Repetro – tributação especial para operações do petróleo.

No grande expediente de ontem, Maxwell Vaz criticou dois projetos em tramitação na Alerj que modificam o atual sistema de tributação, reduzindo assim os efeitos sobre as operações de óleo e gás.

“Não dá para entender o caminho que esses deputados querem levar o Estado do Rio de Janeiro. Eu penso que nós precisamos fazer um novo movimento e ir para a Alerj, não mais para fazer corpo a corpo e explicar a necessidade de se manter o Repetro, para garantir a competitividade com os estados de Espírito Santo e São Paulo”, apontou o parlamentar.
Maxwell criticou a posição da Alerj em mobilizar o Ministério Público na defesa pela alteração do Repetro.

“Agora, precisamos ir em caravana, com carro de som na porta da Assembleia, para denunciar os deputados que defendem esses projetos, considerados por nós como inimigos do Rio de Janeiro”, destacou o parlamentar.