Acolhimento a moradores de rua precisa ser prioridade

515
Visita a espaços públicos da cidade levou Luiz Fernando a conhecer rotina de pessoas em situação de rua

Vereador Luiz Fernando acompanha rotina de pessoas que vivem em espaços públicos da cidade

“Uma tenda improvisada no meio de uma praça não representa o acolhimento necessário a pessoas cuja dignidade foi perdida pela falta do amor”. O posicionamento assumido nesta semana pelo vereador Luiz Fernando (PTC) rebate um dos projetos sociais lançados pela o governo municipal há 15 dias, que não resolve um dos principais impasses sociais encarados pelo município.

Ao percorrer, durante a noite a madrugada de sábado (14) e domingo (15), ruas e espaços públicos da cidade, Luiz Fernando afirmou que o orçamento bilionário arrecadado pelo município precisa garantir a mudança na vida dessas pessoas. “Como uma tenda montada na praça pode mudar a vida de pessoas que já vivem nesses espaços públicos? Isso não representa em nada o acolhimento necessário para garantir a mudança desse problema social que o governo tenta fazer marketing sem sucesso”, disse o vereador.

Para Luiz Fernando, é necessário que a gestão pública crie uma rede de assistência e de acompanhamento a essas pessoas, que na maioria das vezes encaram as ruas, em função de problemas pessoais e até de Saúde. “Ninguém vive essa realidade por que quer. A falta de oportunidade, de orientação e até de tratamento em saúde acaba levando essas pessoas a uma situação subumana. A perda de relação com a família, o envolvimento com drogas e até distúrbios psiquiátricos são problemas que o poder público pode intervir. Mais que uma tenda de dormitório, o governo poderia criar um núcleo de assistência para encarar, de frente, a dura rotina dessas pessoas. E assim oferecer uma solução para o problema delas”, disse o vereador.