Entrada do Parque da Cidade, na Praia Campista, é convidativo para usuários e até mesmo tráfico de drogas - Arquivo

Improbidade Administrativa

Ao elegermos um prefeito de uma cidade através do voto direto, damos a ele, a obrigação de pavimentar as ruas, fazer funcionar o transporte público municipal, criar e manter creches e postos de saúde, ocupar e conservar o espaço urbano. Mas o que está em primeiríssimo lugar, é a preservação do patrimônio público municipal. No município de Macaé, nos deparamos com uma situação muito constrangedora, o ex prefeito, por rivalidades politicas, deixou deteriorar-se inúmeros patrimônios públicos. Acabou com o Ginásio Poliesportivo, Parque da Cidade, Estádio Municipal, a Casa do Idoso na ajuda, o Parque de Exposições e outros inúmeros patrimônios. Esse mesmo Prefeito, teve as suas contas reprovadas pelo TCE e pela Câmara Municipal que, o tornou inelegível por 8 anos, mas conseguiu anular, através de uma liminar, todo o processo com alegação que não teve ampla defesa. Tudo bem! Decisão judicial deve ser cumprida. Acredito no judiciário! O novo Prefeito, que foi apoiado pelo ex prefeito, inclusive, indicando o vice, foi apoiado, não porquê morria de amores pelo mesmo, e sim, porque o considerava, entre todos os canditados o que menos tinha experiência com a administração pública e, portanto, o mais fácil de enfrentar daqui a 4 anos, pois é claro, a intenção de voltar. Acho que o tiro saiu pela culatra, o atual prefeito, tem demonstrado muita vontade de fazer uma boa administração com amor e sem ódio, não ficando encastelado em seu gabinete e vai para as ruas ver as necessidades do município e do povo. Inclusive, o ex prefeito vendo as boas intenções do Prefeito, e o avaliando erradamente, tem a cara de pau, de ir às redes sociais para criticá-lo. Tanto é uma política sem ódio que nesses primeiros anos irá consertar todo os estragos deixados, inclusive, que vai gastar mais de 100 milhões para restaurar todo o patrimônio.

  • Mas é o município que arcará com todo esse dinheiro? O legislativo está sabendo disso?
  • pelo visto, acho que sim!
  • Prefeito! É muito louvável a sua atitude de não fazer uma política de revanchismo e querer preservar o nosso patrimônio, mas isso deve ser denunciado, para não ser condenado como omisso, não será uma arapuca armada? O responsável tem que pagar!
  • Mas você acha que o responsável tem todo esse dinheiro para pagar? Claro que não tem!
  • Então que o legislativo o denuncie ao ministério público, sob pena de omissão se não fizer, por improbridade administrativa e que, a sentença, seja uma inelegibilidade perpétua, ou seja, nunca mais possa ser candidato a nada.
  • Ih, rapaz! Isso vai dar uma dor de cabeça!
  • Ele que o cure, é bom nisso!

Por Guto Sardinha