Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Cláudio Vieira inspira fiéis em sua apresentação na Paróquia Santo Antônio

Autor do livro "O mundo está ao contrário" trouxe sua palestra motivacional a Macaé

Em 29/03/2018 às 10h55


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Mostrando sua história de superação, Cláudio emocionou os fiéis presentes na Paróquia Santo Antônio Mostrando sua história de superação, Cláudio emocionou os fiéis presentes na Paróquia Santo Antônio
Um exemplo de superação, Cláudio Vieira, aprendeu a levar a vida com otimismo. Portador de uma doença rara, a AMC (artrogripose múltipla congênita), que deixa as pernas deformadas, braços inutilizados e a coluna vertebral torcida, ele emociona todos por onde passa. Viajando por todo o Brasil, Macaé foi um dos destinos escolhidos para apresentar a sua palestra motivacional. O evento aconteceu no último dia 25, na Paróquia Santo Antônio Macaé. 

Autor do livro "O mundo está ao contrário", Cláudio se apresentou após as Missas da manhã e da noite. Com a Igreja lotada, as pessoas se sentaram em volta dele, nos degraus do presbitério, e se emocionaram com sua história e motivação. 
"É inspirador. O que mais me toca é ele mostrar que reclamamos que temos problemas quando na verdade não temos", disse a universitária Ana Clara Silveira.

Depois de muitas fotos e autógrafos, Cláudio ainda falou como é sair do interior da Bahia e rodar o mundo falando sobre a sua vida. "Para mim é um prazer enorme, uma dádiva de Deus. Não meço distâncias e não tenho isso de reclamar. Quanto mais eu tenho a oportunidade de sair de casa para falar da minha história de vida, dar o meu testemunho, para mim já é um grande presente. Se em 100 pessoas eu conseguir pelo menos uma para inspirar e motivar, já está de bom tamanho ", ressaltou.
O Pároco da Santo Antônio, o padre Gleison Lima, afirma que a vinda do Cláudio serve de reflexão. "Entramos em um vazio existencial quando a vida não tem sentido e perdemos tudo.



Pensamos em depressão e suicídio. Não sabemos lidar com a perda, o sofrimento e nossas deficiências. E ver o Cláudio, ouvi-lo, é um exemplo de superação para cada um de nós. Ver que vale a pena sim viver o meio termo, e que nem tudo é vitória. E que a derrota nunca é a opção para nossa vida",  frisou.

Cláudio, que completa 42 anos de idade no próximo Domingo de Páscoa, ainda ganhou uma festa surpresa organizada pelos fiéis da Paróquia Santo Antônio ao final da Missa de Ramos de domingo (25) à noite. Ele encerrou sua visita à região na manhã da segunda-feira (26), durante uma visita à Escola Municipal Maria Isabel Damasceno Simão, onde conversou com alunos do 8º e 9º anos do Ensino Fundamental.

Autor: Divulgação/ Pascom Santo Antônio

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: cidade, social


publicidade