Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Entulhos geram reclamações em área nobre

Morador denuncia desrespeito e cobra solução do poder público

Em 19/02/2018 às 14h45


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Problema vem ocorrendo há mais de uma semana na  Rua Dolores Carvalho Vasconcelos Problema vem ocorrendo há mais de uma semana na Rua Dolores Carvalho Vasconcelos
Quando se trata de descarte irregular, até mesmo as áreas nobres sofrem com o problema. Isso tem ocorrido na  Rua Dolores Carvalho Vasconcelos, no Bairro da Glória. Essa semana, um morador, que pede para ter sua identidade preservada, procurou o jornal O DEBATE para denunciar esse tipo de problema na altura do número 158. 

Segundo ele, operários de uma obra particular estariam depositando todo o resto de material de obra no gramado, do outro lado da rua. "O certo seria pôr em uma caçamba, mas eles acabam jogando no meio da rua. Além do absurdo, da falta de respeito, cidadania e higiene, se chover, todo esse entulho vai correr pela rua abaixo ou para a ciclovia ao longo da estrada", relata ele que afirma que já procurou o poder público. "Através de sua página no Facebook, a prefeitura disse que mandaria um fiscal no local do delito. Só que já se passou mais de uma semana e nada. Multa neles", conta.

Um dia após entrar em contato com a nossa equipe de reportagem, o leitor relatou que o entulho acabou descendo morro abaixo. "Ele rolou lá de cima e ficou acumulado na ciclovia.  Se caísse na cabeça de alguém, poderia causar um grave acidente. Disseram que iam mandar a fiscalização, mas nada foi feito. O entulho continua lá", lamenta.

Além da acessibilidade e da questão estética, os entulhos, assim como o lixo, também são responsáveis pelos alagamentos, já que entopem as entradas das galerias pluviais, impedindo o escoamento da água. Muitos moradores reconhecem que grande parte do problema é proveniente da pouca importância dada pela população à conscientização ambiental e à saúde pública.

Lembrando que, de acordo com a Lei municipal nº 3.371/2010, fica proibido o descarte de lixo doméstico, industrial, hospitalar ou entulhos nos logradouros públicos da cidade. No entanto, o desrespeito acontece de maneira impune, comprometendo a saúde da própria população que vive próximo de tais áreas.

Autor: Marianna Fontes marifontes@odebateon.com.br

Foto: Divulgação/ Eu leitor, o repórter


    Compartilhe:

Tags: cidade


publicidade