Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Tarifa de pedágio na BR-101 tem reajuste neste sábado

Em 16/02/2018 às 11h48


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Reajuste definido pela ANTT será aplicado nas cinco praças de pedágio da BR-101 RJ/Norte  Reajuste definido pela ANTT será aplicado nas cinco praças de pedágio da BR-101 RJ/Norte

A Arteris Fluminense, concessória que administra a rodovia BR-101, comunica que a partir da meia-noite de sábado, dia 17, passará a vigorar a nova tarifa básica de pedágio na BR-101 RJ/Norte, no trecho de 322 quilômetros entre a divisa RJ/ES e Niterói, no valor de R$5,50. A resolução nº 5.734, de 15 de fevereiro de 2018, foi publicada na edição desta sexta-feira, 16, do Diário Oficial da União.

Ao definir o novo valor, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) considerou, além da reposição acionária (IPCA), a inclusão no contrato de concessão da obra de ampliação do trecho Barreto - Manilha, que prevê a construção de uma terceira faixa em cada sentido do trecho de 23 quilômetros (totalizando 46 quilômetros de obras) entre a Avenida do Contorno e Manilha, entre as cidades de Niterói e Itaboraí. Também foram contemplados no reajuste desapropriações, remoção de interferências e reprogramação de obras.

A tarifa de pedágio é responsável por financiar as obras de ampliação e modernização da rodovia, os serviços de socorro mecânico e pré-hospitalar prestados aos usuários, assim como toda a estrutura de monitoramento da BR-101 RJ/Norte. Como reflexo direto do investimento de cerca de R$ 2,9 bilhões desde 2008 na rodovia, 2017 fechou como o quinto ano consecutivo de redução de acidentes e mortes na rodovia - de 195 em 2013 para 70 em 2017. Até o final da concessão, estão previstos investimentos de cerca de R$5,9 bilhões na rodovia.

Em 2017, a Arteris Fluminense chegou a marca de 125 km de novas pistas duplicadas na BR-101 RJ/Norte, sendo 56 quilômetros entre Campos dos Goytacazes e Macaé e 66 quilômetros entre Casimiro de Abreu e Rio Bonito. Outros 46 quilômetros estão em processo de licenciamento ambiental.


Confira abaixo os preços das novas tarifas:

Ø  Automóvel, caminhonete e furgão (2 eixos) - R$ 5,50

Ø  Caminhão leve, ônibus, caminhão-trator e furgão (2 eixos) - R$ 11,00

Ø  Automóvel e caminhonete com semirreboque (3 eixos) - R$ 8,25

Ø  Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator com semirreboque e ônibus (3 eixos) - R$ 16,50

Ø  Automóvel e caminhonete com reboque (4 eixos) - R$ 11,00

Ø  Caminhão com reboque e caminhão-trator com semirreboque (4 eixos) - R$ 22,00

Ø  Caminhão com reboque e caminhão-trator com semirreboque (5 eixos) - R$ 27,50

Ø  Caminhão com reboque e caminhão-trator com semirreboque (6 eixos) - R$33,00

Ø  Motocicletas, motonetas, triciclos e bicicletas motorizadas (2 eixos) - R$ 2,75

Autor: O DEBATE

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: geral, economia


publicidade