Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Enchente e tempestades geladas matam nos EUA

Na Califórnia, neve fechou aeroportos e deixou mais de 600 mil casas sem energia.

Em 07/01/2008 às 14h34


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Rua de Fernley, em Nevada Rua de Fernley, em Nevada

O oeste dos Estados Unidos está sofrendo com o mau tempo e também com a ruptura de um canal que alagou ruas e casas. Pelo menos duas pessoas morreram e seis estão desaparecidas.

Segundo fontes oficiais, duas pessoas morreram com os incidentes. Uma mulher de 25 anos, em Chino, e um homem de 57 anos, em Sacramento. Seis esquiadores estão desaparecidos

 

Na Califórnia, uma tempestade de inverno, que atrasou dezenas de vôos e interrompeu o trânsito em estradas importantes, encheu de neve Sierra Nevada e trouxe ventos e chuvas que causaram deslizamentos de terra.


Milhares de pessoas ficaram sem eletricidade na Califórnia no fim de semana devido a uma forte tormenta que atingiu a costa oeste do país.


De San Francisco a Los Angeles, mais de 600.000 casas tiveram sua energia cortada, informaram funcionários da companhia Pacific Gas and Electric um dia depois da passagem da tormenta pelo estado.


A cidade de San Francisco, onde o volume de chuvas ultrapassou os 20 centímetros nas regiões mais afetadas e os ventos alcançaram 161 quilômetros por hora, foi a mais castigada, segundo informações do Serviço Nacional de Meteorologia.

Os ventos que varreram a cidade arrancaram mais de 400 árvores, fazendo com que as autoridades declarassem o estado de emergência.

 

Confira no vídeo ao lado mais sobre o mau tempo nos EUA, Austrália e Irã

Um porta-voz da companhia Pacific Gas and Electric disse que 615.000 casas e lojas do norte da Califórnia se viram afetadas por cortes de energia e avisou que o serviço poderá demorar alguns dias para ser restabelecido por completo.

No estado vizinho, em Nevada, cerca de 300 casas foram tomadas por águas geladas de um canal que se rompeu.


Algumas residências chegaram a ter mais de 2 metros de água de altura.


As autoridades disseram que os moradores já poderiam voltar para as casas nesta segunda-feira, com a baixa da água. Segundo elas, um canal de irrigação estourou e provocou a inundação de várias ruas em Fernley.

 

Autor: Da Associated Press


    Compartilhe:


publicidade