Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Macaé registra o maior crescimento populacional da região do petróleo

Dados do IBGE apontam que, em um ano, a cidade passou a contar com 4,6 mil novos moradores

Em 31/08/2017 às 15h54


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Macaé superou Campos dos Goytacazes, cidade que possui o maior volume populacional Macaé superou Campos dos Goytacazes, cidade que possui o maior volume populacional
Dados atualizados e divulgados ontem (30), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que Macaé teve o maior crescimento populacional, entre 2016 e 2017, no comparativo a todas as cidades que participam da dinâmica do petróleo nacional.

Em um ano, a Capital Nacional do Petróleo passou a contar com cerca de 4,6 mil novos moradores, um aumento que supera o registrado por Campos dos Goytacazes, a cidade do Norte Fluminense com maior número populacional.
A Capital Nacional do Petróleo passou a registrar um total de 244.139 habitantes em 2017. No ano passado, o quantitativa era de quase 240 mil.

Campos, passou de 487 mil para 490 mil moradores, totalizando assim um crescimento de 3,1 mil habitantes.
Rio das Ostras registrou o segundo maior crescimento populacional. Em um ano, 4,4 mil pessoas passaram a morar oficialmente na cidade.

De acordo com os novos dados do IBGE, os 10 municípios que participam da dinâmica do petróleo somam juntos 1.269 milhão de moradores, com o aumento de 18,6 mil pessoas em um ano.

A pesquisa realizada pelo IBGE leva em consideração dados captados pelo Instituto entre os dias 1º de julho de 2016 e 2017.
Estima-se que o Brasil tenha 207,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,77% entre 2016 e 2017, um pouco menor do que a taxa 2015/2016 (0,80%).

As estimativas populacionais municipais utilizadas pelo IBGE servem de parâmetro também para o Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

Autor: Márcio Siqueira marcio@odebateon.com.br


    Compartilhe:

Tags: economia


publicidade