Cadastre-se e receba nossas novidades:

Notícias

Quissamã faz aula inaugural do Programa de Convivência

Adolescentes e idosos são atendidos pela iniciativa que garante apoio social

Em 05/06/2017 às 11h35


Versão para impressão
Enviar por e-mail
RSS
Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

Projeto garante atividades de capacitação para adolescentes e idosos do município Projeto garante atividades de capacitação para adolescentes e idosos do município
Uma nova parceria entre a prefeitura de Quissamã e o Instituto Federal Fluminense (IFF) garante a participação de adolescentes e idosos assistidos pelos Programas de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - que recebem transferência de renda - em atividades desenvolvidas pela instituição. 

Durante três dias da semana, no contraturno da escola, os adolescentes participarão de um dia de capacitação e, nos outros dois, inseridos nos setores administrativos para conhecer as rotinas de trabalho. Para os idosos serão também três dias por semana, sempre em atividades de capacitação.

A diretora do IFF, Aline Estaneck, falou da alegria de poder receber os dois novos públicos tão diferentes que são novidades na rotina escolar. "Tenho certeza que vai ser fantástico e enriquecedor para todos nós. Para os jovens, que estão aqui para ganhar experiência e os idosos que dividirão todo o conhecimento que acumularam em suas experiências de vida. E, nesta troca, poderemos aprender muito e, claro, faremos o possível para deixar um pouco de nós. Somos uma instituição aberta a todos, porque entendemos que a educação permanente é um processo que possibilita promover a participação dos idosos como cidadãos produtivos e, entendemos ser nossa responsabilidade, enquanto escola, contribuir com a formação do adolescente", analisou.

A prefeita Fátima Pacheco destacou o quanto era extraordinário o momento que estava sendo vivido. "A imagem que vejo, de jovens com menos de 30 e jovens com mais de 30, ocupando o mesmo espaço, extremamente rico e importante em nossa cidade, como o IFF, é estimulante. Com nossa equipe técnica e a equipe do instituto, elaboramos muitas ideias e fomos construindo o que estamos efetivando concretamente hoje. Inclusão a gente não faz sozinho, mas sim com parceria. E nós, da Prefeitura, não podemos perder tempo e nem perder de vista os outros parceiros que estão fora dos muros da Prefeitura, mas que são fundamentais para o desenvolvimento de nossa cidade. E o IFF é um desses instrumentos, com essa estrutura e profissionais qualificados", frisou.

"Eles precisam amadurecer a vivência de estar dentro do instituto e aprender. Exemplo disso é o nosso idoso poder participar das atividades da Universidade da Terceira Idade, obtendo novos conhecimentos na área de informática, dança, música. E o adolescente vai ter a oportunidade de conhecer os espaços do IFF, vivendo o dia a dia no acompanhamento dos vários setores da instituição, além de ter uma grade de aprendizado própria para ele. E nisso eles vão poder crescer e ter uma porta aberta para o conhecimento, já que, além de ter vivência dentro dos setores, terão aprendizado através de palestras e orientações", esclareceu a secretária municipal de Assistência, Tânia Magalhães.

De acordo com o diretor de Pesquisa, Extensão e Apoio ao Estudante do IFF, Manoel Martins Caetano Júnior, a Prefeitura procurou o Instituto para que, a partir da extensão, promover algumas ações de integração com os idosos e adolescentes do município. "A proposta é que a gente insira esses jovens em nossas rotinas, tanto pedagógicas quanto profissionais, para dar a eles a ideia do mundo do trabalho, do que é a realidade do Instituto Federal e, com isso dar a eles a perspectiva melhor de futuro. Já com os idosos, que é um projeto que já existe em outros Institutos, a ideia é propor algumas atividades, que vão poder escolher entre educação física, artes, noções básicas de informática, tudo para que possam se integrar conosco, desenvolvendo habilidades, e encontrando formas de administrar essa fase maravilhosa da vida, que é a terceira idade", completou.

Participaram também da aula inaugural, além da equipe do IFF, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso, e o de Educação, Róbisson Serra; os subsecretários de Assistência Social, Rosane de Barros, e de Educação, Ailson Belarmino; a assistente administrativa da secretaria de Educação, Amanda Fragoso; e os vereadores José Borba e Xande Moreno.

Fátima Pacheco acompanhou outro grupo de adolescentes que desenvolverão suas atividades no Horto Municipal, um dos três locais para onde os participantes do programa de Convivência foram direcionados e que inclui ainda a Prefeitura. No Horto, desenvolverão atividades específicas, já que o espaço está sendo repensado e terá, além da agricultura, um viés turístico e do meio ambiente, com a criação de uma fazenda escola, criadouro de peixe e produção de mudas e, futuramente, um quiosque com produtos locais.

Autor: O DEBATE

Foto: Divulgação


    Compartilhe:

Tags: geral, região


publicidade